Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3/5 - (2 votes)

14° salário do INSS será pago ainda em 2021? Confira

Veja como está o andamento do Projeto de Lei

O Projeto de Lei nº 4.367, o qual prevê o 14º salário do INSS para quem é segurado da Previdência Social, está em discussão desde 2020 e tramita dentro da Câmara dos Deputados. Contudo, o INSS pagará ainda em 2021? Confira detalhes na matéria desta segunda-feira (20) no Notícias Concursos.

Assim, leia mais: 2ª parcela do 13º? Confira a data de recebimento

Vai ter pagamento desse 14º salário do INSS em 2021 para quem é segurado?

Quem espera e está querendo saber do pagamento desse 14º salário do INSS em 2021 ainda terá que esperar um pouco. Isso porque a conta não finalizou e o calendário de abono não teve divulgação.

Mesmo com as melhorias que vêm acontecendo, o INSS dificilmente pagará o 14º em 2021, uma vez que depende de fatores além da sua alçada. A proposta já foi encaminhada à Comissão de Justiça e Cidadania, onde tramita de forma decisiva. Caso seja aprovado, o projeto será encaminhado ao Senado, mas a comissão da Câmara também o analisará. Caso não haja alteração, o assunto será submetido ao Presidente para aprovação ou rejeição.

Além de todos esses procedimentos, deve-se lembrar que haverá um adiamento do parlamento de fim de ano neste mês. Portanto, pode não ter tempo suficiente para aprovar e pagar o 14º salário em 2021. Assim, a previsão é que tal valor só seja liberado em março do ano que vem.

Qual é o valor do famigerado 14º salário?

14º salário do INSS
14° salário do INSS será pago ainda esse ano? Confira – Foto: Canva Pro

Se aprovado, o INSS pagará no máximo dois salários-mínimos para o 14º salário. Assim, como o valor será pago em 2022, ele será reajustado segundo o novo salário nacional.

No contexto de alta inflação, o salário-mínimo em 2022 talvez chegue a R$ 1.210,44. Com a previsão sendo mantida, tal valor será um dos maiores ajustes dos últimos anos. Além do 14º salário pago pelo INSS, esse reajuste também afetará os demais benefícios assistenciais e previdenciários.

Portanto, veja mais: Devolução do Auxílio Emergencial: alguns brasileiros terão mesmo que devolver o valor do benefício

Dessa forma, pensionistas, aposentados ou cidadãos recebedores do salário-mínimo de benefício do INSS farão jus ao mesmo valor do parcelamento anual. Para aqueles cujos benefícios são superiores, a Previdência pagará o 14º salário, que é o salário-mínimo com acréscimo de um determinado percentual.

Essa parcela é a diferença do salário e do limite máximo do regime da Previdência. Portanto, o INSS pagará o 14º salário, que está limitado ao máximo dois salários-mínimos.

Quais grupos terão direito aos abonos adicionais em 2022?

Além do 13º salário, o INSS pagará também o 14º salário àqueles que receberem benefícios da Previdência. Portanto, aposentados e beneficiários de pensões por morte receberão o dinheiro. Este grupo é composto por seguradoras com pensões, por tempo máximo de contribuição, invalidez e aposentadorias especiais.

Além do mais, cidadãos que recebem auxílio-doença mensal também possuem direito ao pagamento. Sem contar quem faz jus ao auxílio-acidente e até auxílio-reclusão, pago aos familiares das pessoas detidas no sistema fechado.

Ademais, cidadãos que recebem assistências governamentais, como Auxílio Brasil, infelizmente não receberão esse valor extra. Este grupo também inclui beneficiários do BPC (Benefícios de Continuidade), pois eles não contribuem para a Previdência Social, portanto, o valor apenas lhes concede o direito ao parcelamento de 12 meses.

O mesmo pode acontecer com quem recebe uma renda mensal vitalícia (RMV). Tal valor está estipulado pela Lei nº 6.179 / 1974 a título de benefício previdenciário para “pessoas com deficiência acima de 70 anos e absolutamente impossíveis de trabalhar”, e o benefício foi pago até dezembro de 1995. Assim, o 14º salário do INSS não está incluso em seus direitos.

Ademais, confira: Benefício extra do Governo para quem tem baixa renda: pagamento será feito em dezembro? Veja mais

3/5 - (2 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

17 Comentários
  1. carlos Diz

    Isso já virou palhaçada vamos da resposta nas umas projeto para eles votaram rápido agora para os aposentado está em tramitação estiveram mas de um ano para fazer isso aposentado é imhune não pega doença nem uma vamos votar aguardem

  2. Juares Diz

    Quem sabe um dia isso possa mudar o governo venha lembrar da aposentados quem sabe ,.

  3. João Santos Diz

    Todos só sabem culpar e defender políticos ladrões. Esse décimo quarto é fake. Temos que esquecer os políticos ladrões e por gente nova. Que não Roube muito kkkkk kkkkk

  4. LUIZ CARLOS WANDRESEN Diz

    Já chega de tanta promessa e nada de cumprimento!

  5. Eduardo Diz

    Que idiotas vocês são, sabem que não vão pagar esse ano, e fica inventando notícias só pra gente ficar ansioso, deixa dessas coisas idiotas.o governo pra vc pagar qualquer trabalhador bê uma dificuldade e vcs querendo ganhar publicidade.IDIOTAS.

  6. Arnaldo lazaro Diz

    A demora é dos deputados e senadores,esses sim que prejudica o povo.

  7. Edmilson Diz

    As pessoas que recebem o BPC não são contribuintes, as famílias de detentos são? Qual a diferença? Por que eu não entendi essa parte.

  8. Waldir Marrucci. Diz

    Entra um presidente sai outro e o aposentado só toma no furico só leva ferro e se fode todo bando de FDP do karai safadaiada do karai.😭😭😭😭😭buuuuu só chorando mesmo né não tem outro jeito mesmo nheeeeeee.

  9. Carlinhos Diz

    povão só sabe por filho no mundo e quer que governo com nosso dinheiro sustente!! governo federal não é casa caridade!! ..vão trabalhar e seja útil a seu pais !!

  10. Paulo Diz

    A culpa é do próprio aposentado que foi enganado votando nesse genocida. Agora se f………, o Brasil de Lula e Dilma era o Brasil dos pobres esse de agora é o Brasil dos ricos. Tou f…,…. , mas c a consciência tranquila que não votei no traste e não fui enganado pela mídia corrupta.

  11. Luiz Antônio Campaner Bueno Diz

    Pode deixar…vamos lembrar desses deputados e senadores nas próximas eleições…bando de safados e hipócritas…!

  12. Carlos Madeira Diz

    Com inflação alta, PIB baixo , PECs a pagar em parcelas, bilhões para partidos políticos, 2022 pior que 2021 a nivel global e vcs enganando os pobres e indefesos dependentes do INSS com 14⁰ salário sem qualquer fundamento econômico para custear esse projeto oportunista e eleitoreiro. Pura hipocrisia midiatica de vcs.

  13. Er Santos Diz

    Já estou c ranso dessas reportagens. Minha gente vcs não cansam de fazer as pessoas de idiota não.

  14. Maria José Santos Santana Lacerda Diz

    eu já estou pior do que eu estava antes depois de ter 3 a vcs em 2018 e quase perdi a visão esquerda que foi uma das sequelas deses avcs e tenho que compra 350 só de remédios tipo o Charlton que é quase 200 só 28 unidades fiz um empréstimo pra fz o muro de minha casa que com tentadas chuvas quase se foi pelas encharcadas todo dia fico na expectativa será que é esse mês e nada é ainda cai num golpe e fizeram um empréstimo em meu nome é já tá discontantando do meu beneficio pq recebo pela caixa econômica federal

  15. Washington Diz

    Parem de alimentar ilusões na vida dos combalidos aposentados.
    Deixem de brincadeira !!!
    Quantos pobres coitados já prometeram um presente para um filho, um neto, um amigo, ou mesmo um agrado para ele mesmo. E no final das contas, pura frustração.
    Tudo em nome de “clicks” para vocês faturarem alto.
    Acabou o tempo do altruísmo. O que existe hoje são falsos paladinos, em todas as esferas da sociedade.
    Deixem de palhaçada…bando de.,. . .

  16. Izabel Raulino Diz

    Meu Deus pra que ficar dando esperança pra esses pobre coitados, sabendo que não tem como sair mesmo.ja falem de uma vez não vai sair e ponto final….. estamos todos nessa angústia, para né!!!

  17. José Carlos Galvão da Costa Diz

    Já deviam ter resolvido isso e nós pagar esse 14 salário pois também estamos sofrendo com essa pandemia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.