Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

13º salário não foi depositado: veja como proceder nesses casos

Saiba o que se pode fazer se a empresa não depositar o valor dentro do prazo máximo estipulado

Para quem esperou e o 13º salário não foi depositado, o fim do ano costuma ser decepcionante. De acordo com a legislação, o parcelamento em dezembro é ilegal. O sinal deveria ter sido pago até 30 de novembro. A segunda parcela vence nesta segunda (20), descontando-se o adiantamento e demais despesas, como INSS e Imposto de Renda. Mas, caso isso não tenha acontecido, saiba como proceder na matéria especial do Notícias Concursos.

Portanto, leia: Benefício extra do Governo para quem tem baixa renda: pagamento será feito em dezembro? Veja mais

O que fazer se o 13º salário não foi depositado

Se a empresa não pagou a primeira parcela na data certa, e nem o 13º salário não foi depositado integralmente até o dia 20 de dezembro, o ideal é que os funcionários busquem orientação formal junto à empresa no departamento de recursos humanos. Também é possível reclamar junto do Ministério do Trabalho.

Ademais, veja: Devolução do Auxílio Emergencial: alguns brasileiros terão mesmo que devolver o valor do benefício

13º salário não foi depositado
13º salário não foi depositado: veja como proceder nesses casos – Foto: Canva Pro

Os trabalhadores podem buscar a ajuda de sindicatos da sua categoria, entrar com queixas no setor público e, neste último caso, cobrar pagamentos por meio de ações trabalhistas. Ademais, é importante saber que aqueles que reduziram a jornada de trabalho também têm direito ao 13º salário.

O empregador que descumprir o prazo de pagamento ou pagar o valor indevido será multado. A empresa pagará multa de até R$ 170,00 a cada empregado. Ou seja, o empregador terá a obrigação de pagar o 13º salário e a multa.  Assim, se o 13º salário não foi depositado, o trabalhador já sabe que deve recorrer primeiramente ao departamento pessoal na empresa, posteriormente, aos órgãos judiciais competentes, caso não seja resolvida a questão.

Assim, confira mais: 2ª parcela do 13º? Confira a data de recebimento

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.