Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (21 votes)

WhatsApp libera uso sem precisar do celular; veja como

Até o momento, quando se vai conectar o WhatsApp ao computador, automaticamente todos os outros dispositivos são desconectados.

O WhatsApp passou a liberar um novo recurso que permite a utilização do mensageiro em outros dispositivos sem necessidade de ter o celular conectado à internet. Com ele, é possível utilizar o mensageiro na função Web sem que o smartphone esteja ligado.

Veja também: WhatsApp vai dar dinheiro de volta via aplicativo; veja como

A função estava sendo testada desde de julho, e depois de concluir o período de análises na versão beta do aplicativo, a ferramenta está sendo liberada para os demais usuários. Até o momento, quando se vai conectar o WhatsApp ao computador, automaticamente todos os outros dispositivos são desconectados.

Com a novidade, o uso da plataforma na Web será independente do celular. No entanto, para a primeira conexão será necessário a leitura do código QR pelo smartphone. Vale ressaltar que a função altera o código de segurança do WhatsApp.

Criptografia de ponta a ponta é garantida

Embora a funcionalidade amplie a operação do WhatsApp, haverá a criptografia de ponta a ponta para proteger conversas em todos os aparelhos. A empresa adaptou o seu sistema de segurança para permitir a execução em múltiplas plataformas.

Neste sentido, agora cada aparelho possui o seu próprio código de identificação, sendo que todos eles serão vinculados ao dispositivo servidor (smartphone), onde serão visualizados facilmente.

Limitações do WhatsApp em aparelhos conectados

Mesmo diante a liberação, a função tão aguardada possui algumas limitações, inclusive, por partes dos dispositivos iOS. Não é possível limpar ou apagar conversas em aparelhos conectados caso o celular principal seja um iPhone.

Além desse fator, o WhatsApp não possibilita o uso de múltiplos dispositivos em tablets, além de não permitir mensagens ou chamadas para contatos com versões anteriores do mensageiro.

No mais, dispositivos conectados não podem ver localização em tempo real (isso só pode ser verificado pelo smartphone) e nem criar ou verificar listas de transmissão.

4/5 - (21 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

2 Comentários
  1. Santos Diz

    Maria Cristina Silva santos

  2. Daniel Faria Diz

    Coisa que o telegram faz há tempos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.