Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Você foge do seu feedback? Veja como lidar com o medo!

Será que você foge do seu feedback? Como tem sido a sua rotina de feedback no trabalho? Quando foi a última vez que você recebeu algum retorno? Pense sobre isso!

Devido ao medo, muitas pessoas podem postergar a necessidade de receber um feedback, o que as impede de crescer e se desenvolver na carreira.

Por isso, neste texto nós apresentamos algumas considerações importantes que poderão ajudar você na hora de melhorar a sua forma de lidar com esse medo de receber feedback. Acompanhe.

Será que você foge do seu feedback?

O primeiro ponto que você deve pensar é sobre o fato de ser ou não ser verdade que você foge do seu feedback. Para isso, faça uma autoanálise e pense sobre a última vez que você recebeu algum retorno no seu trabalho: Foi por que você solicitou? Você havia desmarcado? Foi algo por acaso? Faz parte da sua rotina? Pense sobre isso.

Se você constatar que tem, sim, fugido do feedback, pense agora sobre os motivos pelos quais você tem feito isso. É por conta do seu chefe? É o medo de ouvir algo negativo? Ou é porque você não “teve tempo” (leia-se não deu prioridade para isso)?

Ao entender a causa, torna-se mais viável se organizar para lidar com o problema e, assim, usufruir dos benefícios que uma boa conversa de feedback pode gerar. Caso a sua situação esteja atrelada ao medo de ouvir algo “negativo”, continue lendo para aprender a lidar com isso.

Como lidar com o medo de receber feedback?

O medo pode ser um dos principais motivos pelos quais você foge do seu feedback. Por isso, procure lidar com esse tipo de receio de uma forma inteligente. E como fazer isso? Veja considerações abaixo que podem ser úteis:

1. É preciso ter um olhar de fora

Lembre-se de que quando estamos dentro de um “universo”, não conseguimos enxergar o todo. Ou seja, temos apenas um ponto de vista, uma só perspectiva. Isso pode nos atrapalhar na hora de compreender os nossos pontos fortes e fracos. O olhar de fora, nesse cenário, serve como um alicerce para entender onde estão os possíveis gaps de nossa atuação.

Sendo assim, mude a sua perspectiva ao invés de fugir do feedback. Entenda que ele faz parte de um processo de reconhecimento e autoconhecimento, tendo em vista que alguém com uma visão imparcial conseguirá analisar os seus comportamentos e atitudes. E você só tem a ganhar com isso!

2. O feedback é construtivo

O feedback, mesmo quando negativo, é construtivo. Ele nos ajuda a enxergar os pontos que necessitam de melhorias, e nos dá o caminho propício a isso. Sendo assim, mude a ideia de que receber um feedback é algo negativo. Pelo contrário! É algo que nos fortalece.

3. Desenvolver-se dói

Quando foi a última vez que você aprendeu algo que mudou a sua vida? Você lembra quando aprendeu a andar? E a andar de bicicleta?

Certamente nessas duas circunstâncias você caiu, tropeçou e se machucou. Mas mesmo assim foi adiante e mudou a sua vida.

Portanto, lembre-se dessa premissa se você foge do seu feedback: desenvolver-se dói. Mas passa.

Deixe doer e cresça com isso!

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.