Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Vice-presidente do país defende cobrança de mensalidades em universidades federais

Para Hamilton Mourão, alunos em melhores condições financeiras deveriam ser cobrados.

O Hamilton Mourão afirmou na última quarta-feira (26) que defende a cobrança de mensalidades nas universidades federais.

Mourão participou em videoconferência de uma aula magna com alunos do grupo Ser Educacional. No evento o atual vice-presidente falou sobre possíveis medidas para aumentar o número de jovens no ensino superior.

Mourão defendeu que a cobrança das mensalidades nas federais seria uma forma de  financiar estudos de alunos com baixa renda em instituições públicas e privadas. 

Para Mourão, é preciso pensar “seriamente” na questão de cobrar aos alunos de federais que tenham melhores condições financeiras. Desse modo, o pagamento serviria para financiar o estudo daqueles que não têm condições de pagar pelos cursos do ensino superior.

Nesse sentido, Mourão defendeu a ideia como melhor opção no atual cenário, no qual o governo diz não dispor de recursos para investimentos públicos. Além disso, a maioria das famílias não têm condições de pagar por cursos.

“Compensação muito justa”

O vice-presidente disse que há pessoas que têm condições de arcar com seus estudos e recebem formação gratuita sem “devolver” nada ao país: 

“Nós temos um paradoxo, que eu gostaria de trazer para todos, que é uma visão que eu tenho de longa data, que é nós termos dentro da universidade federal gente que poderia pagar os seus custos, né, recebendo um ensino de graça e, posteriormente, não devolvendo nada para o país. Simplesmente é formada e passa única e exclusivamente a lidar com a sua vida privada”.

Nesse sentido, de acordo com a fala de  Mourão, seria uma “compensação muito justa”  cobrar de pessoas com boas condições financeiras para que outras pudessem estudar. Desse modo, para o vice, é necessário pensar na possibilidade de cobrar as taxas “sem preconceitos”.

“O pagamento que eles fizessem serviria para que mais alunos ingressassem no setor privado e, consequentemente, nós aumentássemos o nosso percentual de jovens com curso superior”.

Jair Bolsonaro, quando foi questionado sobre o assunto em 2019, afirmou ser contra a cobrança de mensalidades nas federais. Para Bolsonaro não se deve cobrar mensalidades nem a alunos de graduação nem aos de pós.

E aí? Gostou desse texto? Então deixe aqui seu comentário!

Clique aqui para ver mais sobre a área de educação.
Dicas de estudo: Passo a passo para criar um plano de estudos.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.