Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Veja quais programas o Presidente Bolsonaro deverá anunciar esta semana

A cada dia que passa cresce um pouco mais a expectativa para o pronunciamento do Presidente Jair Bolsonaro esta semana. É que vai ser nesta declaração que o chefe do executivo vai anunciar detalhes sobre os programas do segundo semestre no Brasil.

Há muita curiosidade em torno do Auxílio Emergencial. É que o Presidente deverá anunciar qual será o tamanho da prorrogação. De acordo com informações antecipadas da imprensa, serão mais três meses. Assim, o projeto chegaria ao fim em outubro.

Além do Auxílio, o Presidente deverá dar mais alguns detalhes sobre o novo Bolsa Família. Pelo que se sabe de informações de bastidores, o benefício ficará maior que a versão atual. Os valores subirão e a quantidade de beneficiários também aumentaria. Falta saber quantos exatamente.

De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, o Presidente também deverá anunciar o Bônus de Inclusão Produtiva (BIP). É um programa que deve ir pagar bolsas de R$ 550 para os jovens que trabalharem em projetos de grandes empresas no Brasil.

Além disso, o Presidente também deverá anunciar o Bônus de Incentivo À Qualificação (BIQ), que também deve ter os jovens como alvo principal. Sobre esse segundo projeto, no entanto, ainda se tem poucas informações oficiais. Espera-se portanto que o Presidente esclareça um pouco mais a sua lógica.

Programas no segundo semestre

Há alguns dias, durante uma palestra com Ministros do Governo, Paulo Guedes revelou que o Ministério da Cidadania estaria trabalhando na construção de uma série de projetos para este segundo semestre. Ele deu até um número. Seriam cinco programas.

No entanto, ele não deu detalhes sobre nenhum deles. Apenas disse que o Planalto vai apresentar pelo menos um desse grupo nestes próximos dias. A ideia é mostrar para todos como seria a ideia. No entanto, execução deverá demorar um pouco mais do que isso.

De acordo com informações da imprensa, a ideia dentro do Governo Federal agora é investir pesado na criação de projetos sociais para o segundo semestre. Vale lembrar que, entre outras coisas, o próximo ano será de eleições presidenciais e Bolsonaro certamente quer se reeleger.

Auxílio Emergencial

Enquanto o segundo semestre não chega, o Governo segue pagando os programas atuais. Neste momento, vale lembrar que os repasses da terceira parcela do Auxílio Emergencial está acontecendo. Nesta terça (23), por exemplo, é a vez das pessoas que nasceram em maio pegarem o dinheiro.

Os valores do benefício continuam os mesmos. São três parcelas de montantes que variam entre R$ 150 e R$ 375 a depender da situação de cada usuário. Além do Auxílio, o Governo segue pagando o Bolsa Família para cerca de 4 milhões de brasileiros.

O benefício BEm, que é aquele que permite acordos trabalhistas de redução da jornada e do salário ou mesmo de suspensão do contrato, também segue valendo. Milhões de empregados estão fazendo parte do projeto este ano mais uma vez depois da primeira edição, que aconteceu em 2020.

Agora é esperar para ver o que vai acontecer daqui para frente.

2 Comentários
  1. Josemar santos Diz

    Falta pagar ais servidores federais a 2a parcela do acordo feito no governo dilma.a unica coisa que esses economistas espertos sabem fazer é socorrer bancos.pergunta se ele sabe qual foi o lucro dos bancos no ultimo trimestre do ano passado.o servidor publico nao é culpado das besteiras que eles fazem no governo.em vez de seguirem o que esta escrito na constituicao é mais facil da o calote e oferecer emprestimo.

  2. Luisa Alves da Silva Diz

    É muito triste vc ver pessoas que não precisam recebendo o auxílio emergêncial com mentiras pessoas que tem marido que ganha bem só porque não é casada legalmente consegue,quem precisa e ainda tem que pagar o INSS por conta não teve direito, meu esposo ganha 886 reais mensais eu não tive o direito de receber, quando dá um pouco mais é porque o meu esposo trabalhou um feriado eu não trabalho porque tenho muitos problemas na coluna não aguento mais fazer faxina,os preços dos alimentos está cada dia pior só Jesus pra ter misericórdia 😢

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.