Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Veja como iniciar sua franquia: guia para começar com o pé direito

Saiba as orientações para começar nesse ramo

Iniciar uma franquia exige muito estudo e análise das possibilidades que existem no mercado financeiro.  Desse modo, é essencial avaliar suas repercussões atuais e seu histórico de atuação, principalmente no que diz respeito à sustentação de um desenvolvimento rentável em períodos de crise econômica.

Além disso, é importante que se tenha muito cuidado para não acabar direcionando o dinheiro para negócios que não são rentáveis. Com isso, gerar prejuízos a curto e a longo prazo.

Atualmente, as franquias estão se mostrando como importantes alvos de empreendimentos por pequenos e grandes empresários e investidores do país. Afinal de contas, são modelos seguros, testados e com um bom nível de confiabilidade de rendimento no mercado. Uma vez que possui uma padronização de funcionamento para construção da estrutura, para transferências e para gestão. Esse ramo, de modo geral, possui vários segmentos.

Como iniciar a sua franquia?

Portanto, para iniciar com o pé direito, é preciso avaliar o potencial de crescimento de cada um dos setores. Assim como, o seu grau de estabilidade financeira, principalmente nos recentes períodos de crise financeira desencadeados pela pandemia da COVID-19.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2020, o faturamento anual do mercado de franquias foi de 167 bilhões de reais, com um crescimento para 185 bilhões no ano seguinte. Então, as perspectivas para esse ano de 2022 são de um desenvolvimento ainda maior.

Veja como iniciar sua franquia: guia para começar com o pé direito
Veja como iniciar sua franquia: guia para começar com o pé direito. Foto: Canva Pro

Planejamento financeiro

Ter uma organização mais detalhada é um dos primeiros passos para iniciar uma franquia de sucesso. Pois, além do capital de investimento inicial que é vinculado ao contrato entre o franqueado e a franqueadora, existem vários outros custos que surgem durante o processo de instalação e manutenção de uma nova unidade.

Sendo assim, os principais são: documentação, estrutura, contas do estabelecimento, reposição de estoque, pagamento de funcionários, capital de giro etc. Assim, é importante ter um planejamento para que as repercussões após o investimento sejam positivas.

Além do mais, dentro do guia para começar bem, é importante adquirir conhecimento sobre a dinâmica tributária do país. Assim como, saber as suas variações dentro de cada localidade, seja ao nível estadual ou municipal.

Conhecimento sobre o setor pretendido

Todas as informações disponíveis sobre os diversos segmentos de franquias são de grande importância no momento de escolher qual será o seu setor de atuação. Portanto, busque realizar pesquisas, entrar em contato com investidores já franqueados. Ademais, frequentar feiras do ramos e estar sempre por dentro das mudanças que ocorrem na dinâmica de mercado.

Pois, esses conhecimentos são necessários principalmente porque alguns setores possuem peculiaridades e, ainda, diferentes exigências de perfil de empreendedores. Com isso, se mantenha informado sobre os detalhes dos segmentos para que você consiga iniciar sua franquia com o pé direito.

Aliás, as principais áreas são:

  • Educação;
  • Saúde, beleza e bem-estar;
  • Informática e eletrônicos;
  • Alimentação; serviços automotivos;
  • Lazer e entretenimento;
  • Limpeza e conservação etc.

Diferencial de negócio para iniciar sua franquia

Outro ponto importante desse guia é encontrar um diferencial para o seu empreendimento. Aqui, é o momento de você colocar em prática a sua criatividade. E claro, atrelar ao intuito de atender as necessidades do seu público alvo.

Assim, é interessante realizar uma avaliação mais detalhada das demandas existentes entre os consumidores e das lacunas que rodeiam os serviços das empresas que já atuam na área.

Logo, com essas informações, então, é possível construir ideias originais e diferenciadas para apresentar até mesmo no momento da entrevista com a franqueadora. Assim, tentar adaptá-las às estratégias já comumente adotadas pelas unidades instaladas.

Atenção à concorrência

Essa é uma dica de ouro para iniciar uma franquia de sucesso. É preciso, aqui, conhecer os pontos fortes e fracos dos concorrentes com o intuito de manter sua unidade em níveis semelhantes. Além disso, ainda, suprir as lacunas de mercado.

Observe, então, as principais características que fazem as franquias crescerem ou decaírem em momentos de crise econômica. Além do mais, observar as estratégias que as empresas utilizam, e assim, se mantêm estáveis no mercado.

Cursos de capacitação para iniciar sua franquia

Por último, invista em cursos que agreguem conhecimento e melhore suas habilidades. Principalmente, aqueles que possuem foco em gestão e no processo comunicativo. Pois, são, de longe, os mais importantes. Afinal, eles serão úteis para administrar a unidade da franquia e para estabelecer uma boa relação com os clientes.

Entretanto, outros cursos também podem ser promissores. A propósito, o ideal é preencher os déficits que permeiam as suas habilidades. Dessa forma, melhorar a sua capacidade de manter um negócio rentável e dinâmico.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.