Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Veja as dicas para não cair em golpes na Black Friday

A Black Friday é um evento especial para milhares de consumidores ao redor do mundo, que buscam por produtos e serviços com descontos especiais, porém também é um prato cheio para os golpistas que estão de olho em pessoas desatentas.

Vale ressaltar que a Black Friday entrou em vigor no passado nos Estados Unidos, sempre na sexta-feira seguinte à semana de ação de graças, onde as lojas têm como costume de baixar os preços, com o objetivo de renovar os seus estoques para o Natal e Ano Novo.

Ainda que realmente existam muitas boas promoções, você deve desconfiar das promoções exageradas, pois em muitas ocasiões pode se tratar de um golpe muito bem elaborado e que pode passar despercebido até que seja identificado.

Desconfie das promoções exageradas

As promoções exageradas podem ser uma estratégia para fisgar o consumidor e assim o direcionar para uma fraude financeira. Se você encontrar uma promoção que é incrivelmente imperdível, faça também uma pesquisa na concorrência.

Verifique se o site da sua pesquisa é confiável

Cheque se a loja ou a plataforma que diz oferecer o serviço realmente existe. Uma empresa séria deve ter um endereço físico e um SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente). Todas estas informações precisam estar bem claras na página.

Somente no estado de São Paulo, o Procon separou uma lista com mais de 500 sites que não são considerados confiáveis. Tenha cuidado ao clicar em ofertas que são recebidas por e-mail ou nas redes sociais, pois você será direcionado a um site falso que simula o espaço de compras de uma loja desconhecida.

Se você tiver alguma dúvida sobre a oferta que recebeu por um link, acesse o site da loja por uma outra aba do navegador e tente encontrar alguma promoção, sendo que isso foi recomendado durante esse período de Black Friday por vários advogados.

Fique de olho na reputação da loja

Antes de comprar, você deve investigar a reputação da loja, se existe qualidade no serviço e também uma postura séria no relacionamento com os clientes. Você também pode pesquisar pelos rankings das empresas diretamente no site do Governo, Consumidor.gov.br.

Outra dica muito importante, ainda que não pareça tão nociva, é realizar compras através de redes wi-fi públicas, pois estas são mais vulneráveis a roubarem as suas informações pessoais por conta da baixa segurança das redes wi-fi de livre acesso.

Compre na Black Friday com um cartão virtual

Sempre dê preferência para as compras na Internet que são feitas com um cartão de crédito virtual. Após você realizar a compra, um novo número de cartão será aprovado no próprio aplicativo do banco ou fintech, evitando com que os golpistas façam compras ilegais.

Por fim, evite os sites que na Black Friday que só aceitam pagamentos por boletos, pois esses são os mais clássicos para aplicar golpes nos internautas. Além de um pagamento por boleto não passar pela administradora do cartão, no caso de acontecer uma fraude, você não poderá recuperar o valor fraudado. 

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.