Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Vale-gás: SP adiciona mais de 300 mil famílias

O número de famílias que foram selecionadas para receber o vale-gás foi ampliado pelo Governo de São Paulo, de 104 mil a quantidade saltou para 426.926. Por isso, o programa também deve ter o seu orçamento maior: de R$ 31 milhões para 128 milhões.

A mudança foi anunciada nesta terça-feira (03). “É um programa social de grande importância na vida dessas famílias vulneráveis, que estão garantindo o alimento graças à solidariedade de muitas pessoas, mas que precisam do gás para cozinhar”, afirmou o governador, João Doria.

Pagamento do benefício social:

Serão entregues vouchers, com liberação de valores a cada dois meses, no valor de R$ 100. São previstas três parcelas até dezembro de 2021.

Os saques dos valores dos vouchers poderão ser feitos nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil ou 24 horas. As datas de liberação de cada um dos três vouchers ainda não foram anunciadas.

Famílias contempladas no vale-gás: 104 mil famílias para 426.926 mil

Regras para adesão:

  • Famílias com renda per capita de até R$ 178;
  • Ter inscrição no Cadastro Único do governo federal;
  • Não receber o Bolsa Família;
  • Residir em comunidades e favelas.

Não reside no Estado de São Paulo? Veja aqui uma proposta de vale-gás que o governo estuda.

Como consultar o vale-gás:

Para conferir se você deve receber, é necessário acessar o  link http://www.valegas.sp.gov.br/ e informar o NIS.

Outra opção para quem não tem acesso a internet é ir até um dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) próximo a sua casa.

Dúvidas também poderão ser respondidas pelo WhatsApp (11 9 8714-2645) ou no telefone 0800 7979 80.

Como o governo chegou ao número de beneficiários?

De acordo com o governo, foram levantados a média de pessoas de cada família, com base na faixa social mais vulnerável. O órgão ainda destacou que o estudo “Fecundidade e Dinâmica da População Brasileira”, desenvolvido pela Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), aponta que as mulheres fazem parte dos 20% mais carentes da população e tem taxa de fecundidade de 2,9 filhos.

“IMPORTANTE: O Governo do Estado de SP não liga ou envia mensagens de texto para solicitar informações de dados pessoais e nem para ativação de links de participação e/ou acesso a programas e serviços públicos oferecidos aos cidadãos”, diz mensagem divulgada pelo governo.

 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.