Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

USP lança e-book para quem quer seguir carreira em Letras

A USP (Universidade de São Paulo) disponibilizou gratuitamente um material didático no formato de e-book, abordando metodologias para ensino e aprendizado de idiomas. 

O Portal de Livros Abertos da USP publicou – Guias formativos: para aprendizes e futuros profissionais de línguas na Universidade de São Paulo. 

O e-book busca ajudar quem quer aprender um novo idioma e aqueles que queiram trabalhar na área de ensino de línguas, ou mesmo quem já está atuando. 

O livro tem como objetivo ajudar no processo formativo dos estudantes ingressantes no curso de Letras, como enfoque nos idiomas: 

  • Árabe, 
  • Alemão, 
  • Chinês, 
  • Coreano, 
  • Grego, 
  • Latim, 
  • Russo, 
  • E português para imigrantes e refugiados.

Vale destacar que os guias podem ajudar qualquer indivíduo que tenha como objetivo ensinar (Licenciatura), já que indicam caminhos para a formação de professores e planejamento da carreira.  Além disso, é possível conhecer como se formam os alunos do curso de Letras da USP.

“Os guias são para quem está querendo aprender uma dessas línguas, mas não precisa ser necessariamente um aluno da USP, pode ser qualquer pessoa. Não substitui uma formação, mas ajuda para iniciar, ter alguma ideia de onde e como estudar, para alunos que pretendem ingressar nessas habilitações. O guia também ajuda a ter uma ideia de como funciona o curso de Letras, disciplinas etc. E pode ajudar os professores que já estão trabalhando na área”, explica Milan Puh, professor da Faculdade de Educação (FE) e organizador do e-book.

“Essas línguas dos guias têm uma grande importância, como chinês, japonês, russo, mas não estão recebendo a devida atenção no Brasil. Percebemos também que faltava muito material para os alunos poderem aprender, ensinar e trabalhar com essas línguas”, conta Milan.

Guia de Línguas

Os guias de cada uma das línguas selecionadas seguem uma estrutura comum: 

  • Descrição da habilitação: bacharelado e licenciatura com seu histórico, funcionamento, programas de curso e currículos institucionais, disciplinas, quadro docente, pós-graduação e extensão; 
  • Materiais didáticos e recursos digitais comentados e descritos de acordo com os métodos neles encontrados; 
  • Espaços físicos, instituições, comunidades onde é possível ter contato, trabalhar com a língua, recomendações de leituras sobre assuntos culturais, linguísticos e outros;
  • Análise de relatos de experiência dos alunos veteranos e de expectativa dos alunos ingressantes na habilitação 2021 do curso de Letras da USP, em São Paulo.

Os autores explicam que essa estruturação não resultou em conteúdo homogeneizado, já que cada idioma tem as suas especificidades, que foram identificadas e apresentadas. 

A leitura de todos os guias é aconselhada por eles, porque há ideias e informações que podem ser aproveitadas independentemente da língua.

Por fim, para ter acesso ao ebook no formato PDF, clique aqui e acesse o Portal de livros abertos da USP.

E então, gostou da matéria? Não deixe de ler também – Auxílio Emergencial pode retornar caso reforma do Imposto de Renda não ocorra.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.