Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Unesp fecha acordo para contribuir com a gestão de resíduos sólidos

A Unesp (Universidade Estadual Paulista) assinou um Protocolo de Intenções com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) para contribuir com as ações realizados pelo Comitê de Integração de Resíduos Sólidos (CIRS).

Espera-se que a Unesp colabore de maneira técnico-científica para a gestão e o gerenciamento desses materiais no estado de São Paulo durante dois anos.

O comitê trabalha para que políticas públicas voltadas aos resíduos sólidos aconteçam de maneira regionalizada no estado. 

Marcos Penido, secretário de infraestrutura e meio ambiente, afirmou: “Ter a Unesp ao nosso lado é uma oportunidade de ouro. É uma alegria muito grande fazer uma cooperação com uma das melhores universidades do país”. 

Para celebrar a assinatura, houve um evento online com a participação do professor e reitor da Unesp Pasqual Barretti, do secretário Marcos Penido e do coordenador executivo do comitê, José Valverde. 

Já o reitor da Unesp, Pasqual Barretti: “A universidade está mais próxima do poder público e das secretarias. Está trazendo sua expertise para o desenvolvimento social, que é o nosso objetivo maior para com a sociedade”. .

Também participaram da cerimônia os professores Edson Botelho, pró-reitor de pesquisa, Raul Guimarães, pró-reitor de extensão universitária e cultura, Antonio Leal, assessor da pró-reitoria de extensão universitária e cultura, e Fernando Okimoto, da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), câmpus de Presidente Prudente.

Plano Estadual de Resíduos Sólidos

Nas cidades do estado de São Paulo, o tratamento de resíduos é baseada nas diretrizes do Plano Estadual de Resíduos Sólidos (PERS), para a gestão correta dos materiais para os próximos 15 anos. 

O documento é  baseado nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), com os quais as pesquisas desenvolvidas pela Unesp também dialogam. 

Para o pró-reitor de extensão, Raul Guimarães: “A agenda do gerenciamento de resíduos é uma questão inadiável. E queremos fazer isso relacionando esse trabalho com a Agenda 2030, com os ODDs”. 

Ações de parceria entre a Unesp e a SIMA já ocorrem há tempos. Em outubro de 2020, professores da FCT desenvolveram um conjunto de ações para nortear as atividades do Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos do Oeste Paulista, uma das associações estruturadas pelo CIRS. 

Conhecido como Plano Intermunicipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PIGIRS), o projeto propôs estratégias e metas para orientar a gestão e o gerenciamento de resíduos sólidos das 10 cidades que fazem parte do consórcio: 

  • Álvares Machado; 
  • Caiabu; 
  • Martinópolis; 
  • Paraguaçu Paulista; 
  • Presidente Bernardes; 
  • Presidente Prudente; 
  • Rancharia; 
  • Regente Feijó; 
  • Santo Anastácio;
  • Santo Expedito.

O professor Fernando Okimoto, que também é um dos coordenadores do plano, afirma: “O PIGIRS planeja, mas também dá sugestões de caminhos a serem seguidos. E isso vai ser possível com a colaboração de todos nós”. 

E então, gostou da matéria? Não deixe de ler também – SENAI de São Paulo abre 32 vagas para Jovem Aprendiz

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.