Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Trabalhou nos dois últimos anos? Bolsonaro libera até R$ 2.090 de PIS/Pasep

Quem trabalhou em 2019, os saques começam em julho, seguindo um calendário, conforme nascimento. Em 2018, está disponível para quem não sacou

O Governo Federal liberou novos lotes de pagamentos do PIS/PASEP. Os trabalhadores devem ficar atentos aos saques. Os saques, juntos, podem totalizar o valor de R$ 2.090,00.

O prazo para saques do PIS referente aos meses trabalhados em 2018 termina no dia 29 maio para quem tem direito e ainda não sacou. Para quem trabalhou em 2019, os saques vão começar a partir de julho, seguindo um calendário, conforme o nascimento do trabalhador.

Em qualquer uma das duas situações, o valor a ser pago no abono salarial do PIS/PASEP aos trabalhadores poderá chegar a até R$ 1.045, seguindo o valor do salário mínimo. O benefício que acaba em é destinado para quem trabalhou, de modo formal, por pelo menos 30 dias no ano de 2018. Já o benefício que será pago a partir de julho, será pago para quem trabalhou por pelo menos 30 dias em 2019.

Para ter direito, o trabalhador deve seguir os seguintes requisitos

  • o trabalhador que exerceu profissão com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2018 ou 2019;
  • o trabalhador que ganhou, no máximo, dois salários mínimos, em média, por mês;
  • quem está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; e
  • a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente no sistema do governo.

Como sei que tenho direito?

Para saber se tem direito ao abono salarial, será necessário fazer a consulta das seguintes maneiras:

PIS (trabalhador de empresa privada):

  • no Aplicativo Caixa Trabalhador
  • no site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em “Consultar pagamento”
  • pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207

Pasep (servidor público):

  • pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Quanto eu vou receber?

O valor pago pode chegar a até um salário mínimo (R$ 1.045, em 2020) e varia conforme o tempo de trabalho. Se a pessoa trabalhou o ano todo, recebe um salário mínimo. Se trabalhou um mês, ganha proporcionalmente: 1/12 do mínimo, a aproximadamente R$ 88.

  • 1 mês: R$ 88,00
  • 2 meses: R$ 175,00
  • 3 meses: R$ 262,00
  • 4 meses: R$ 349,00
  • 5 meses: R$ 436,00
  • 6 meses: R$ 523,00
  • 7 meses: R$ 610,00
  • 8 meses: R$ 697,00
  • 9 meses: R$ 784,00
  • 10 meses: R$ 871,00
  • 11 meses: R$ 958,00
  • 12 meses: R$ 1.045,00.

Calendário para quem trabalhou em 2019

Para quem trabalha em empresa privada

  • Nascidos em julho: recebem a partir de 16 de julho de 2020
  • Nascidos em agosto: recebem a partir de 18 de agosto de 2020
  • Nascidos em setembro: recebem a partir de 15 de setembro de 2020
  • Nascidos em outubro: recebem a partir de 14 de outubro de 2020
  • Nascidos em novembro: recebem a partir de 17 de novembro de 2020
  • Nascidos em dezembro: recebem a partir de 15 de dezembro de 2020
  • Nascidos em janeiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2020
  • Nascidos em fevereiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021
  • Nascidos em março: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Nascidos em abril: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Nascidos em maio: recebem a partir de 17 de março de 2021
  • Nascidos em junho: recebem a partir de 17 de março de 2021.

Para quem trabalha em setor público

  • Final da inscrição 0: recebem a partir de 16 de julho de 2020
  • Final da inscrição 1: recebem a partir de 18 de agosto de 2020
  • Final da inscrição 2: recebem a partir de 15 de setembro de 2020
  • Final da inscrição 3: recebem a partir de 14 de outubro de 2020
  • Final da inscrição 4:recebem a partir de 17 de novembro de 2020
  • Final da inscrição 5: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021
  • Final da inscrição 6 e 7: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Final da inscrição 8 e 9: recebem a partir de 17 de março de 2021.

Atenção: o prazo final para o saque é 30 de junho de 2021 em todos os casos.

Saiba onde fazer o saque

  • Funcionários de empresa privada, com Cartão Cidadão e senha cadastrada: o saque pode ser feito em caixas eletrônicos da Caixa ou em lotéricas;
  • Não tem o Cartão Cidadão? O saque é feito em uma agência da Caixa, com documento de identificação
  • É correntista individual da Caixa? O abono é depositado diretamente na conta, caso haja saldo acima de R$ 1 e movimentação
  • É servidor público? O saque é feito nas agências do Banco do Brasil, com documento de identificação. Servidores correntistas do banco recebem o dinheiro diretamente na conta. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone do BB: 0800 729 0001.

Veja também: Auxílio de até R$1.200: Saiba quem pode sacar o dinheiro liberado a partir de hoje

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

15 Comentários
  1. Monica Diz

    E esse Inss está uma vergonha estou afastada desde fev/20 e estou sem receber do Inss passando dificuldades senfo que sempre contribui pra essa merda de Inss quando preciso não me pagam já estou desesperada as contas atrasadas aluguel atrasado….

    1. Douglas Diz

      Também estou com o mesmo problema, deveríamos juntar forças e abrir uma ação indenizatória contra o INSS.

  2. leila Diz

    Concordo com op Israel C Santos, libera logo para sacar todo o fgts,

  3. Luana Diz

    Como faz uma pessoa q trabalhou um ano e pouco em uma firma, e afirma só fez pagamento do FGTS 1 vez nesse tempo todo?? Auxílio em análise dês do dia 7!
    FGTS esquece!
    Seguro desemprego piorou..
    Pq justo quando ia ser minha audiência fechou tudo! Não tenho recurso nenhum, serviço nem adianta pq povo não está contratando.

  4. Jose Diz

    Porque e um governo filho da puta. De milicianos e bandidos .#forabolsonaro, bananinha .

  5. Jan Diz

    Bolsonaro n libera nada,ele quer que o brasileiro morra

  6. Ernani Diz

    Rapaz vcs só postam notícias erradas Deus me livre

  7. Ramão Fernandes Vieira Diz

    Não é o Bolsonaro que vai liberar esse é um direito do trabalhador e não estão dando nada estão pagando o dinheiro que o trabalhador tem com o governo

  8. Gilson Diz

    Bolsonaro liberou nada,ele teria liberado se todos recebessem agora,aí sim.

  9. Irene leite de oliveira Diz

    Quero saber se vai sir a margem de 5 % que o governo liberou

  10. Israel c santos Diz

    Porque essa porra desse governo nao libera o nosso FGTS

    1. Calor Diz

      Se vc não leu as notícias,já está liberado o fgts

    2. Danilo Diz

      Vai liberar 1045 reais do nosso FGTS a partir de 15 de junho.

    3. israel Diz

      tinha q liberar o FGTS o dinheiro e do povo e o povo precisa de dinheiro . rum direito nosso

      1. Paty Diz

        Mas não disseram q ia antecipar o PIS pra agora fim de Maio?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.