Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (2 votes)

Taxas do crédito imobiliário da Caixa serão reduzidas; veja quem será beneficiado

Atualmente, a taxa dessa modalidade de financiamento da Caixa está em 3,95%. Com a redução, 0,4 pontos percentuais serão descontados.

A Caixa Econômica Federal anunciou que irá reduzir a taxa de juros dos financiamentos imobiliários contratados à poupança. O banco mais uma vez está indo na contramão do mercado quando outras instituições estão elevando os seus percentuais.

Atualmente, a taxa dessa modalidade de financiamento da Caixa está em 3,95%. Com a redução, 0,4 pontos percentuais serão descontados. Desta forma, a taxa será redefinida em 2,95%, provavelmente a partir do dia 18 de outubro.

De acordo com o presidente da instituição, Pedro Guimarães, a redução na taxa de juros já havia sido implementada. No entanto, só era aplicada em uma das modalidades de financiamento oferecida pelo banco, sendo a que trazia menor riscos a instituição.

Enquanto a Caixa reduz seus juros, outro banco como o Itaú, por exemplo, subiu nesta quarta-feira (15) os juros da modalidade tradicional do crédito imobiliário, passando de 7,30% ao ano mais TR para 8,30% ao ano mais TR.

O aumento nos juros também aconteceu no Santander. No início deste mês a instituição elevou a sua taxa de crédito imobiliário tradicional. Na ocasião, a taxa que estava em 7,99% ao ano + TR passou para 8,99% ao ano mais TR.

O Banco do Brasil também adotou a ação. Recentemente a instituição subiu a taxa de juros da mesma modalidade para 6,85% ao ano mais TR. Anteriormente era cobrada uma taxa a partir de 6,39% + TR.

Financiamentos inalterados

A Caixa conseguiu manter a taxa de juros dos outros financiamentos, como da linha tradicional, indexada à taxa referencial e as modalidades corrigidas pela inflação e com juros fixos, em meio a alta da Selic e do índice de preços.

O banco que já é líder no mercado, oferece financiamentos imobiliários que concedem um prazo de até 35 anos para a quitar e dívida e 6 meses de carência para iniciar os pagamentos. A instituição custeia 100% do valor do imóvel retomado em caso de inadimplência.

Veja também: Caixa Tem vai liberar empréstimos e cartão de crédito; veja

4/5 - (2 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Gilcimar viguini Diz

    A caixa baixando os juros para contratos habitacionais novos. Mas a promessa de baixar os juros de contratos habitacionais antigos até agora nada isso é desonesto conosco uma injustiça para quem está pagando taxa de 10 por cento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.