Surpresa total, GRANDE VITÓRIA inesperada para os brasileiros com CARTEIRA ASSINADA

A liberação ocorrerá devido a uma revisão que identificou os novos beneficiários.

O Ministério do Trabalho anunciou que mais 1,4 milhão de pessoas terão direito ao abono salarial do PIS/PASEP ano-base de 2021. A liberação ocorrerá devido a uma revisão que identificou os novos beneficiários.

Até então, o governo federal havia anunciado apenas 22,9 milhões de trabalhadores com direito ao benefício. Desse modo, mais pessoas poderão receber um dinheiro extra neste mês. Quer saber se será contemplado? Continue neste artigo.

Quem tem direito ao PIS/PASEP?

Tem direito ao abono salarial PIS/PASEP aqueles que se enquadram nas seguintes situações:

  • Recebeu até dois salários mínimos por mês em 2021;
  • Tem a carteira assinada há, pelo menos, cinco anos;
  • Exerceu atividade remunerada por, pelo menos, 30 dias em 2021;
  • Estar com os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou eSocial, de acordo com a categoria da empresa.

Cabe salientar que empregados domésticos não têm direito ao abono salarial, uma vez que é preciso ter vínculo empregatício com uma empresa, não sendo válido vínculo com pessoa física.

Qual o valor do PIS/PASEP?

O valor da parcela do PIS/PASEP depende do tempo trabalhado com a carteira assinada no ano de apuração. Desse modo, quanto mais tempo trabalhado dentre os 12 meses do ano, maior será o valor do benefício. Veja as proporções:

  • 1 mês trabalhado – R$ 108,50;
  • 2 meses trabalhados – R$ 217,00;
  • 3 meses trabalhados – R$ 325,50;
  • 4 meses trabalhados – R$ 434,00;
  • 5 meses trabalhados – R$ 542,50;
  • 6 meses trabalhados – R$ 651,00;
  • 7 meses trabalhados – R$ 759,50;
  • 8 meses trabalhados – R$ 868,00;
  • 9 meses trabalhados – R$ 976,50;
  • 10 meses trabalhados – R$ 1.085,00;
  • 11 meses trabalhados – R$ 1.193,50;
  • 12 meses trabalhados – R$ 1.302,00.

Como consultar o abono salarial PIS/PASEP?

Veja como consultar o PIS/PASEP pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital (CTD):

  1. Acesse o App, disponível para Android e iOS;
  2. Faça login com dados do Gov.br;
  3. Selecione a opção “Benefícios”;
  4. Na sequência, escolha “Abono salarial”;
  5. Por fim, pesquise pelo ano-base, neste caso, 2021;
  6. Na ocasião, será exibido o saldo e a data de pagamento.

Além desse meio, a Caixa e o Banco do Brasil disponibilizam os seu próprios canais de consulta. Veja:

PIS

  • Site da Caixa;
  • Carteira de Trabalho Digital;
  • Caixa Trabalhador;
  • Caixa Tem.

PASEP

  • Site do BB;
  • Nos telefones de atendimento: 4004 0001 ou 0800 729 0001.

Calendário de pagamento do PIS/PASEP

Funcionários de empresas privadas (PIS):

  • Nascidos em janeiro: recebem em 15 de fevereiro;
  • Nascidos em fevereiro: recebem em 15 de fevereiro;
  • Nascidos em março: recebem em 15 de março;
  • Nascidos em abril: recebem em 15 de março;
  • Nascidos em maio: recebem em 17 de abril;
  • Nascidos em junho: recebem em 17 de abril;
  • Nascidos em julho: recebem em 15 de maio;
  • Nascidos em agosto: recebem em 15 de maio;
  • Nascidos em setembro: recebem em 15 de junho;
  • Nascidos em outubro: recebem em 15 de junho;
  • Nascidos em novembro: recebem em 17 de julho;
  • Nascidos em dezembro: recebem em 17 de julho.

Servidores públicos (PASEP):

  • Inscrição com número final 0: recebem em 15 de fevereiro;
    Inscrição com número final 1: recebem em 15 de março;
  • Inscrição com número final 2: recebem em 17 de abril;
  • Inscrição com número final 3: recebem em 17 de abril;
  • Inscrição com número final 4: recebem em 15 de maio;
  • Inscrição com número final 5: recebem em 15 de maio;
  • Inscrição com número final 6: recebem em 15 de junho;
  • Inscrição com número final 7: recebem em 15 de junho;
  • Inscrição com número final 8: recebem em 17 de julho;
  • Inscrição com número final 9: recebem em 17 de julho.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.