Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Saque do FGTS é liberado a qualquer momento NESTAS situações

A medida exige que o empregador deposite mensalmente uma quantia equivalente a 8% do salário do funcionário.

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é uma espécie de poupança criada para trabalhadores com carteira assinada. A medida exige que o empregador deposite mensalmente uma quantia equivalente a 8% do salário do funcionário.

Veja também: Saque integral do FGTS: Veja quando é possível e quais os documentos necessários

Embora os recursos sejam de direito do trabalhador, só podem ser resgatados em situações específicas. No entanto, normalmente é liberado quando o titular é demitido sem justa causa.

Vale ressaltar que existe uma modalidade que permite o saque parcial do FGTS todos os anos. O saque-aniversário é opcional e deve ser solicitada pelo trabalhador que o queira.

Quando é possível fazer o saque do FGTS?

Existem várias possibilidades previstas por lei em que o FGTS pode ser sacado. Diante disso, o trabalhador deve ficar atento as chances. Confira a lista com as situações autorizadas a seguir:

  • Demissão sem justa causa;
  • Aposentadoria;
  • Fim do contrato por prazo determinado;
  • Rescisão do contrato por extinção total da empresa; supressão de parte de suas atividades; fechamento de quaisquer de seus estabelecimentos, filiais ou agências; falecimento do empregador individual, empregador doméstico ou decretação de nulidade do contrato de trabalho;
  • Rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
  • Rescisão por acordo entre o trabalhador e a empresa;
  • Desastre natural, como inundações, que tenham atingido a área de residência do trabalhador;
  • Suspensão do trabalho avulso por prazo igual ou superior a 90 dias;
  • Falecimento do trabalhador;
  • Idade igual ou superior a 70 anos;
  • Trabalhador ou dependente for portador do vírus HIV;
  • Quando o trabalhador ou dependente estiver com câncer;
  • Trabalhador ou depende em estágio terminal por doença grave;
  • Ficar 3 anos seguidos sem emprego com carteira assinada;
  • Compra da casa própria, liquidação ou amortização de dívida ou pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional;
  • Amortização, liquidação de saldo devedor e pagamento de parte das prestações adquiridas em sistemas imobiliários de consórcio;
  • Saque-aniversário.
5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.