SAQUE do auxílio emergencial: Caixa libera mais 4; veja se você tem direito

ATENÇÃO!  O calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial 2021 só deve ter novos saques na terça-feira (08). Nesta semana pelo menos 4 saques do auxílio emergencial serão liberados, devendo receber os nascidos em maio, junho, julho e agosto. (Veja as datas abaixo).

Há também ainda 885 mil pessoas na fila para receber o auxílio emergencial. Estas pessoas receberam o benefício no ano passado, mas este ano tiveram os valores negados. Entenda mais aqui. 

Confira abaixo o calendário do auxílio emergencial 2021, datas de saque e regras.

Tive a segunda parcela cancelada, posso ainda receber?

Neste caso, a resposta é sim. Isso se você fez a contestação do auxílio emergencial na data correta. Você ainda poderá receber as parcelas retroativas caso você seja aprovado pelo governo.

Saque atualizado do auxílio emergencial 2021:

De acordo com o calendário do auxílio emergencial 2021, os saques, também serão adiantados. A liberação da retirada de dinheiro iniciará ainda em maio e terminará em junho. Antes alguns saques anteriormente só seriam liberados em julho.

Porém uma maneira simples, rápida e online foi criada para burlar a data de saque. Basta ter conta em um fintech, como a Nubank. Veja aqui como sacar seu dinheiro antes da data.

Nascidos em Dia da liberação para saque Antes
janeiro 31 de maio 8 de maio
fevereiro 1 de junho 10 de junho
março 2 de junho 15 de junho
abril 4 de junho 17 de junho
maio 8 de junho 18 de junho
junho 9 de junho 22 de junho
julho 10 de junho 24 de junho
agosto 11 de junho 1 de julho
setembro 14 de junho 9 de julho
outubro 15 de junho 2 de julho
novembro 16 de junho 5 de julho
dezembro 17 de junho 8 de julho

Regras do auxílio emergencial

Algumas regras básicas determinam quem pode receber o auxílio emergencial ou não. Veja abaixo algumas regras para quem receberá o auxílio emergencial em 2021.

  • Ter renda per capita inferior a meio salário-mínimo (atuais R$ 550);
  • O valor da renda per capita é calculado pela soma dos ganhos de cada um, dividido pelo número de pessoas que residem no mesmo local;
  • Possuir renda total inferior a R$ 3.300;
  • Não ter vínculo empregatício ou não ter recebido há pelo menos três meses;
  • Microempreendedor Individual (MEI);
  • Desempregados;

Qual o valor e número de parcelas do Auxílio 2021?

Entre muitas discussões e críticas sobre qual seria o valor e número de parcelas adequadas para o auxílio emergencial 2021 o governo já bateu o martelo e iniciou os pagamentos.

Ao todo serão quatro parcelas, com valores que podem variar de R$ 150 a R$375. Veja:

  • Pessoa que mora sozinha: recebe R$ 150;
  • Famílias com mais de uma pessoa e não dirigidas por uma mulher: recebem R$ 175;
  • Famílias com mães “chefes de família”: recebem R$ 375;
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.