Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Ruído branco: O que é e como usá-lo para estudar

A ciência define o ruído branco como a combinação de todas as frequências sonoras audíveis. A pesquisa mostrou que pessoas com audição normal podem ouvir frequências de som variando de 20 a 20.000 Hz.

Em outras palavras, o ruído branco pode ser considerado como o som de cerca de 20.000 tons diferentes, todos tocando ao mesmo tempo. O som real do ruído branco é normalmente descrito como um som sibilante, semelhante ao som das letras “sh” na palavra “silêncio”.

O adjetivo “branco” foi escolhido para descrever esta combinação definitiva de sons por causa da semelhança do ruído branco com as qualidades da luz branca, a descrição científica da combinação de todas as cores do espectro de luz visível.

Como uma combinação de todas as frequências audíveis, o ruído branco pode mascarar outros sons potencialmente perturbadores. Por exemplo, ligar um ventilador pode ajudar a abafar as vozes da festa barulhenta de um vizinho. Nesse sentido, o zumbido do ventilador é semelhante ao ruído branco. Mas como o ruído branco mascara outros ruídos?

Em uma conversa normal, por exemplo, as pessoas geralmente conseguem distinguir e entender vozes individuais quando grupos de três ou quatro pessoas estão falando ao mesmo tempo.

Entretanto, quando grandes grupos de pessoas estão falando simultaneamente, a probabilidade de ouvir uma única voz é muito reduzida. Nessa natureza, o som de, digamos, 1.000 pessoas falando ao mesmo tempo é semelhante ao ruído branco.

Ruído branco para estudar

Como a maioria das pessoas distraídas acha difícil se concentrar, os professores incentivam os alunos a estudar em salas silenciosas. Mas como acham o estudo enfadonho, algumas pessoas dizem que sons como música ou televisão realmente os ajudam a se concentrar.

No entanto, uma vez que esse som facilmente distinguível pode distrair, alguns educadores e psicólogos sugerem o ruído branco como uma alternativa de auxílio ao estudo.

Embora o uso de ruído branco como um auxílio para dormir já exista desde o início dos anos 1960, a teoria de que também pode ajudar as pessoas a aprender é relativamente nova.

Uma pesquisa realizada em 2014 na University of Hamburg-Eppendorf Medical Center encontrou uma ligação positiva entre ruído branco e pessoas aprendendo matemática. Além disso, observou melhora na memória de curto prazo de crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH )

Outra pesquisa, entretanto, indica que os efeitos do ruído de fundo sobre os alunos podem depender de suas personalidades individuais. Por exemplo, um estudo de 2010 feito na University College em Londres descobriu que tanto os sons do tipo ruído branco quanto a música prejudicavam a compreensão, a memória e a capacidade de aprendizagem dos introvertidos.

Em outras palavras, a eficácia do ruído branco ou de outros sons de fundo como auxílio ao estudo continua sendo um caso de experiência pessoal, e não de pesquisa científica bem estabelecida.

E então, gostou do artigo?

Não deixe de ler também – Estudos: Dicas para quem se distrai com barulho

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.