Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Regulamentação do Fundeb será debatida nesta quarta-feira em live

Os deputados Felipe Rigoni (PSB-ES) e Tabata Amaral (PDT-SP) irão promover no fim da tarde desta quarta-feira (18) uma live para debater a regulamentação do Fundo de Manutenção de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). 

Criado em 2007, o Fundeb é o principal fundo que direciona recursos para os sistemas de educação em todo o país. No entanto, a vigência das regras estabelecidas em sua criação se encerra em dezembro deste ano. Desse modo, este ano o novo Fundeb passou por análise no Congresso Nacional, tendo obtido aprovação nas duas casas, Câmara dos Deputados e Senado Federal.

Desse modo, houve a ampliação da participação da União no financiamento da educação no país e o Fundo se tornou permanente. A contribuição da União deverá aumentar gradativamente a cada ano, chegando a 23% no ano de 2026. Assim, os recursos deverão atender a pré-escola, o ensino infantil, e os ensinos fundamental e médio.

No entanto, para entrar em vigor em janeiro de 2021, o Fundeb ainda precisa passar por processo de regulamentação. No entanto, a regulamentação do Fundeb depende da aprovação de uma lei para definir a distribuição dos recursos entre estados e municípios. Nesse sentido, há na Câmara um projeto relatado pelo deputado Rigoni em tramitação com fins de regulamentação do fundo (PL 4372/20).

Esse projeto deve ser debatido hoje em live marcada para acontecer a partir das 18h (horário de Brasília). Além disso, haverá transmissão por meio do canal do YouTube do deputado Felipe Rigoni e da deputada Tabata Amaral.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

As informações são da Agência Câmara de Notícias.

Leia também Corte no MEC pode afetar educação básica em até R$ 1 bilhão.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.