Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Reajuste do Bolsa Família veja de quanto será

O reajuste do Bolsa Família poderá ficar abaixo dos 20% prometido inicialmente pelo governo federal. Isso porque, em novembro, a correção ficará em apenas 17,84%. Além disso, incialmente o número de beneficiários também deve se manter o mesmo.

As informações são do Ministério da Cidadania e foram repassadas ao G1. Na semana passada, por exemplo, o ministro da Cidadania, João Roma, inclusive tinha garantido que os valores de reajuste  do Bolsa Família seriam de 20%, o que não deve se concretizar, pelo menos no próximo mês. 

Já para dezembro o cenário deve ser melhor. “Em dezembro, o Auxílio Brasil será ampliado para 17 milhões de famílias, o que representa mais de 50 milhões de brasileiros ou um quarto da população. Com isso, será zerada a fila de espera de pessoas inscritas no Cadastro Único e habilitadas ao programa”, informou o Ministério da Cidadania, por meio de nota.

Em julho deste ano estimativas apontavam que havia 2,4 milhões de famílias na fila de espera, conforme o levantamento da Câmara Temática da Assistência social do Consorcio Nordeste.

Não deve ser necessário se inscrever diretamente para receber o novo reajuste do Bolsa Família, mas sim, manter o cadastro atualizado no CadÚnico. O benefício deve custar aproximadamente R$ 84,7 bilhões em 2022, afirmou o secretário especial do Tesouro e Orçamento, Esteves Colnago. Veja abaixo os novos benefícios previstos.

 

Bolsa Família: confira novos benefícios previstos

  • Auxílio esporte escolar: benefício esta previsto com 13 parcelas – 12 delas para adolescentes de  12 e 17 anos e uma apenas para toda família. O valor pago será um espécie de “prêmio” por se destacar em determinada modalidade.

 

  • Bolsa iniciação científica júnior: Neste mais de uma criança ou adolescente da mesma família pode ser beneficiado, isso para aquelas que que tiverem alguma posição de destaque em acadêmicas e científicas. Está previsto 12 parcelas para o aluno destaque e mais uma para a família;
  • Auxílio criança cidadã (voucher creche): valor será pago para responsáveis de crianças de até 48 meses, ou seja, 4 anos . O “voucher creche” é uma opção que será concedida para as famílias que não estão conseguindo vaga nem em creches públicas ou particulares conveniadas com o governo.

 

  • Benefício compensatório de transição: previsto para famílias que ao entrarem nas regras de transição do Bolsa Família para Auxílio Brasil tem direito a valores menores. Ele será pago ate que a família não esteja dentro das regras do benefício social ou então até que exista aumento no valor recebido.

 

  • Auxílio inclusão produtiva urbana: valor para as famílias que conseguirem um emprego em área consideradas urbanas, desde que provem vínculo. Bônus pode ser acumulado com outras linhas do programa. Em outras palavras, se um pai consegue um emprego, pode receber este benefício e o filho o bolsa iniciação científica júnior, por exemplo.

 

  • Auxílio inclusão produtiva rural: valor será pago para pequenos agricultores inscritos no Cadastro Único. Estão previstos um bônus em dinheiro e assistência técnica.

 

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.