Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Quais são as 5 razões para abrir uma franquia? Saiba agora mesmo

Descubra porque este é o tipo de negócio mais lucrativo e seguro para o empreendedor

As franquias estão em toda a parte, em cada canto deste país, seja no ramo alimentício, seja no ramo do vestuário, ou em outro ramo de negócio. Por isso que hoje, nós vamos indicar 5 razões para abrir uma franquia.

O interesse por este ramo é específico para pessoas que querem começar a investir. Portanto, seja abrindo o seu próprio negócio ou para aquelas pessoas empreendedoras que desejam ampliar a própria empresa.

Mas, o que é uma franquia?

Em primeiro lugar, uma franquia é formada pela empresa franqueadora, assim como, pelas unidades franqueadas. Então, nesse último caso, o franqueado é responsável por administrá-las.

Assim, o negócio da franqueadora pode ser serviço, produto ou conceito. Portanto, ela cede direitos de uso da marca, ensina os processos de gestão. Por fim, acompanha o franqueado até o momento em que ele consiga seguir sozinho.

Dessa forma, cabe a ele replicar o negócio no local escolhido por ele, seguir os processos e fazer com que o seu negócio siga os padrões da franqueadora.

A franquia tem que ser um bom negócio para ambos. Dessa forma, a empresa abre espaço para que sua marca seja mais conhecida. Consequentemente, seu negócio seja bem-visto para mais pessoas. Enquanto, o franqueado investe em um negócio que já é conhecido e assim, o seu investimento se torna muito mais seguro.

Para tanto, cabe ao empreendedor fazer uma análise de alguns fatores. Por exemplo, do local que pretende abrir o negócio, se atenderá as necessidades de público-alvo e se não existem outras empresas concorrentes próximas.

5 razões para abrir uma franquia

A principal razão para abrir uma franquia é a redução de riscos, uma vez que abrirá um negócio que já está consolidado no mercado.

Mas, é preciso realizar uma análise do local em que será aberta a franquia, de forma a atender a clientela de forma prática e sem ou com pouca interferência da concorrência.

Além disso, é importante que o franqueado se identifique com o produto ou serviço que atenderá. Afinal, é mais fácil vender algo que a gente acredita.

Assim, apresenta-se na sequência as razões para abrir uma franquia.

Baixo investimento inicial e as facilidades oferecidas pela franqueadora

Quando comparado ao negócio formal, a aquisição de uma franquia possui redução no investimento inicial. Tendo em vista que em muitas situações, existem empresas do ramo, que atuam inclusive no modelo home office. No entanto, se for fazer a locação e infraestrutura do espaço, o gasto com o investimento será um pouco maior.

No caso das facilidades oferecidas pela franqueadora, ocorre uma redução de custo de propaganda e marketing. Aliás, subdivididas entre as unidades franqueadas.

Redução do número de colaboradores ao abrir uma franquia

A maioria das franquias possui como marca registrada a redução de colaboradores. Sendo assim, facilita a realização dos processos e a administração da unidade franqueada.

Então, o empreendedor responsável pela gestão da unidade pode optar por possuir mais ou menos colaboradores. Na verdade, tudo dependerá das suas necessidades.

Existência de padronização de processos produtivos

A padronização dos processos produtivos é o que mais envolve tempo e trabalho para o empresário. No caso das franquias, esta etapa já está pronta, cabe ao franqueado seguir as orientações.

O suporte oferecido pela franqueadora

Após os trâmites legais para a abertura da franquia, a franqueadora oferece o suporte necessário. Dessa forma, o franqueado pode realizar a gestão eficientemente para a sua unidade.

Assim, o suporte vai desde a abertura, espaço físico para a unidade. Assim como, cobre a administração e contabilidade do negócio da franquia, além do acompanhamento nos processos produtivos.

Clientela já formada para abrir uma franquia

A existência de unidades da franquia em vários locais, faz com que a clientela já tenha clareza do negócio. Dessa maneira, é mais fácil de atraí-los. Muitos clientes já conhecem a empresa e já são fiéis à marca, o que facilita muito para o franqueado.

No entanto, se não tiver uma clientela formada, cabe ao franqueador criar estratégias para fidelizar os clientes na sua franquia. Para isso, investir em anúncios nas redes sociais, oferecer promoções e até realizar aquela conversa com o cliente, são passos primordiais.

Dessa forma, cuide para oferecer produtos de qualidade e preze pelo bom atendimento. Afinal, cliente bem atendido sempre retorna.

Assim, a franquia se torna um bom investimento para você que quer abrir o seu próprio negócio.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.