Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Pronomes relativos: aquilo que você precisa saber

Um resumo para as suas provas

Os pronomes relativos: um resumo completo

O termo “pronomes relativos” é usado para definir um grupo específico de pronomes que faz referência a um termo anterior já mencionado.

Os pronomes relativos aparecem com frequência em questões de português dentro das principais provas do país, como os vestibulares, os concursos públicos e o ENEM. Ainda, você precisa saber usar os pronomes relativos para escrever uma boa redação.

Dessa forma, para que você consiga se preparar, o artigo de hoje trouxe um resumo sobre os pronomes relativos. Confira!

Os pronomes relativos: introdução

Os pronomes relativos possuem a função de criar uma relação com um termo anteriormente mencionado em uma determinada frase. Esse tipo de pronome possui a função de substituir um elemento da frase para evitar a repetição do mesmo.

Assim, é justamente por esse motivo que podemos dizer que os pronomes relativos funcionam também como conectivos, uma fez que exercem a função de ligar duas frases.

Os pronomes relativos: tipos

Existem dois tipos de pronomes relativos: os variáveis e os invariáveis.

Os pronomes relativos variáveis sofrem variação de gênero e número. São eles: o qual, a qual, as quais, os quais, quanto, quanta, quantos, quantas, cujo, cujas, cujos e cuja.

Os pronomes relativos invariáveis, por sua vez, são aqueles que não sofrem nenhum tipo de flexão. São eles: que, onde e que.

Os pronomes relativos: usos

Os pronomes relativos podem ser usados para criar uma referência à coisas, sendo acompanhados, nesse caso, por uma preposição.

Vamos conferir um exemplo:

  • O meu pai comprou um apartamento que fica em uma rua muito bonita.

Os pronomes relativos podem ser usados também de forma exclusiva par a criar referências à pessoas. Vamos conferir um exemplo:

  • Os indivíduos de quem meu amigo me falou são estranhos.

Observe o uso da preposição nesse caso também.

Por fim, podemos dizer também que o pronome relativo pode ser usado para retomar um termo e, ao mesmo tempo, criar uma relação de posse entre os dois termos.

Vamos conferir, a seguir, um exemplo:

  • Aquele é o diretor cujo filme é famoso.
5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.