Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Projeto destaca a importância dos sentidos para crianças 

Um projeto desenvolvido pela Escola de Educação Básica da URI, com turmas do nível I, idealizado por um grupo de professoras, busca destacar a importância dos sentidos nas crianças durante a educação infantil.

Segundo as professoras Cacilda Menegola Ribeiro, Camila Paula Jevinski e Daiane Paula Chagas Dambros, a criança é um ser humano curioso por natureza. Desde sempre se mantêm atentas a tudo que acontece ao seu redor e desejam explorar o mundo.

As profissionais também afirmam, que mesmo na fase em que são apenas bebês, as crianças já reagem ao mundo por meio da experimentação dos sentidos. 

Há quem diga que isso acontece até antes, ainda na barriga da mãe. Durante a gestação, já conseguem ter contato com várias sensações, escutam sons, enxergam luzes, sombras, cores e experimentam sabores. 

“A escola é um lugar no qual devemos potencializar e proporcionar experiências e vivências ricas, pois os nossos sentidos são as portas para o mundo, para explorar e descobrir sobre o que nos rodeia”, explicam as professoras. 

Projeto “Brincando com sons, luzes, sombras, cores e sabores”

Levando em conta a importância dos sentidos na educação infantil, as crianças colocaram em prática o projeto “Brincando com sons, luzes, sombras, cores e sabores”. 

As propostas desenvolvidas propiciaram a potencialização das experiências sensoriais, aumentando o desenvolvimento através de brincadeiras e da exploração das descobertas sobre si e sobre o mundo ao seu redor. 

Atividades realizadas com as crianças

O projeto realizou diversas atividades com as crianças, podemos destacar:

  • Brincadeiras com as sombras;
  • Exploração dos elementos da natureza;
  • Experiência da chuva colorida;
  • Pintura com balões;
  • Desafio das formas geométricas;
  • Composição com objetos do círculo de cores;
  • Pintura por observação;
  • Construção de bonecos com gravetos;
  • Produção de esculturas;
  • Pinturas com folhas de bananeira e plástico filme como suportes;
  • Utilização de pincéis e riscadores;
  • Releitura de obras de arte com elementos da natureza;
  • Construção de minimundos. 

O projeto fez com que as crianças conseguissem se expressar de maneira livre, oferecendo uma experiência enriquecedora entre a criança e a natureza. 

E então, gostou da matéria? Compartilhe com quem precisa saber disso!

Não deixe de ler também – Governo inclui cerca de 110 mil mães solo nas novas parcelas do Auxílio Emergencial.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.