Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Bolsonaro recomenda medidas para garantir preços mais baixos da gasolina

Atualmente, a lei permite que 18% a 27% do etanol absoluto seja misturado ao combustível

Na transmissão feita na última quinta (23), Jair Bolsonaro apresentou sugestões para amenizar um problema que assola o país. Ele quer garantir preços mais baixos da gasolina. Sua proposta é a redução da concentração do etanol absoluto no combustível. Confira mais detalhes nessa matéria do Notícias Concursos.

Preços mais baixos da gasolina foi o foco da transmissão de Jair Bolsonaro

O chefe do Executivo admitiu na transmissão das redes sociais a não unilateralidade do Presidente Bolsonaro e pode gerar descontentamento dos donos das usinas. Como resultado, seria feito um acordo junto ao mercado produtor do etanol para adicionar etanol e misturá-lo ao combustível. Assim, será possível se conseguir preços mais baixos da gasolina.

Atualmente, a lei permite que 18% a 27% do etanol absoluto seja misturado ao combustível. Apura-se tal percentual através do Comitê Interministerial de Açúcar e Álcool (Cima), vinculado com o Ministério da Agricultura, bem como incorporado com o Ministério da Economia, Minerais e Energia.

preços mais baixos da gasolina
Bolsonaro recomenda medidas para garantir preços mais baixos da gasolina – Foto: Canva Pro

Entretanto, o Presidente destacou também que o aumento no preço dos combustíveis se deve à cobrança de ICMS. Esse é um tributo estadual variável proporcionalmente, sendo a grande fonte da receita dos Estados. O chefe do Executivo tem pedido aos governadores a redução desse imposto.

Sem contar que afeta-se o preço do combustível também pela variação do dólar norte-americano. Este é atingido frequentemente pelas crises políticas desencadeadas pelo Planalto, bem como pela crise fiscal, juntamente com as altas dos preços internacionais do petróleo.

Outros problemas

Assim, outro tópico de que Bolsonaro falou na transmissão, além dos preços mais baixos da gasolina, foi seu anúncio anterior sobre o aumento do IOF para o imposto sobre transações financeiras. Anunciou-se que o objetivo do aumento das operações de crédito a empresas e pessoas físicas é transferir a cobrança para o Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.