Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.3/5 - (3 votes)

Pix Parcelado: quais são suas vantagens e os juros cobrados

O Pix segue se popularizando no Brasil. Desde o primeiro trimestre de 2022, o número de transações que foi feito através do sistema de pagamentos instantâneos chegou a marca de 3,89 bilhões, o que configura uma alta de 34% em relação ao último ano. Com o seu sucesso, deixando TED e DOC para trás, novas alternativas vão sendo criadas para essa ferramenta.

Por conta do amplo uso do Pix, as instituições financeiras já estão se adaptando com novas funcionalidades da ferramenta. Neste momento, o Pix Parcelado é a nova modalidade que vem ganhando destaque.

O que é Pix parcelado?

O Pix parcelado é uma forma de crédito pessoal que dá a chance ao consumidor de realizar um pagamento à vista com o sistema de pagamentos instantâneos e parcelar em várias vezes, assim como ocorre no cartão de crédito.

O cliente deve ter em mente que ao realizar este tipo de transação, ele está firmando um tipo de relação com a instituição financeira. Ele realiza um pagamento com Pix ao vendedor, e com o auxílio de uma instituição financeira ele consegue parcela determinada compra.

Embora o Pix seja gratuito, a função Pix Parcelado tem custos e taxas. Existe uma relação de crédito entre o cliente e a instituição, utilizando o Pix nesse caso mais como uma ferramenta de marketing. Se você realizar a busca por crédito ou um empréstimo pessoal em banco, a liberação desse dinheiro irá depender das suas fontes de renda.

Também será avaliado todo o seu histórico de crédito e o relacionamento que você vem mantendo com a instituição financeira. Se o empréstimo for solicitado nos bancos, geralmente é preciso ser um correntista.

Como funciona o Pix Parcelado?

O Pix parcelado segue a mesma lógica de empréstimo convencional ou crédito pessoal. No caso, a diferença está no fato de que a instituição financeira vai fazer o pagamento para o revendedor ou lojista com o Pix e depois vai manter o relacionamento com o usuário do serviço, que por sua vez, terá que pagar as parcelas todos os meses com a cobrança de juros.

Os clientes podem escolher em quantas parcelas vão realizar este pagamento. Em muitos casos se pode parcela em até 12, 24 ou ainda 60 vezes, sendo que em algumas ocasiões os juros mensais vão variar conforme o perfil do contratante.

É importante ressaltar que cada instituição financeira tem as suas próprias regras. Os valores podem ser parcelados através do cartão de crédito, mas existem situações em que o valor já pode ser debitado diretamente na conta do correntista.

Talvez uma das grandes novidades do Pix Parcelado, é associar a ferramenta de pagamentos instantâneos com a obtenção de crédito, assim como pagar compras mesmo sem ter saldo suficiente em conta, assim como acontece no uso do cartão de crédito.

O Pix Parcelado foi uma das formas que as instituições tiveram de relacionar o Pix com o crédito. No entanto, vale ressaltar que ele não tem relação com a agenda de inovação por parte do Banco Central que, por sua vez, é o grande responsável pela criação do método de pagamentos instantâneos. Além de ser uma vantagem a clientes, os Bancos e fintechs enxergam a modalidade como uma grande oportunidade.

3.3/5 - (3 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.