PIS/PASEP em 2024: Confira os detalhes sobre valores e calendário

PIS/PASEP em 2024: Confira os detalhes sobre valores e calendário

O PIS/PASEP é um benefício trabalhista muito aguardado pelos brasileiros que exercem suas atividades de maneira formal, com carteira de trabalho assinada. Com a chegada do ano de 2024, muitos trabalhadores estão ansiosos para receber esse auxílio.

Neste artigo, vamos abordar todos os detalhes sobre o PIS/PASEP 2024, incluindo o valor a ser pago e o calendário de pagamento previsto.

O que é o PIS/PASEP?

O PIS (Programa de Integração Social) e o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) são programas sociais que têm como objetivo promover a integração e o desenvolvimento dos trabalhadores brasileiros. Ambos são contribuições feitas pelos empregadores em favor dos seus funcionários, e o valor acumulado pode ser sacado pelos trabalhadores em determinadas condições.

Valor do PIS/PASEP 2024

O valor do  para o ano de 2024 foi confirmado e terá um aumento em relação aos anos anteriores. A partir do próximo ano, o valor do auxílio será de R$ 1.421. Esse aumento se deu devido ao ajuste no salário mínimo, que também terá um reajuste para o mesmo valor.

É importante ressaltar que o valor do PIS/PASEP é definido com base nos meses trabalhados no ano-base, ou seja, o pagamento de 2024 se refere ao ano-base de 2022. Portanto, quanto mais meses o trabalhador tiver trabalhado, maior será o valor do benefício.

Quem tem direito ao PIS/PASEP?

Para receber o PIS/PASEP em 2024, é necessário preencher alguns requisitos. Veja quem tem direito a esse benefício:

  1. Trabalhadores urbanos: todo trabalhador que tenha trabalhado por, pelo menos, 30 dias com carteira assinada em 2022 terá direito ao PIS. O pagamento será realizado pela Caixa Econômica Federal.
  2. Servidores públicos: servidores públicos federais, estaduais e municipais, além dos empregados de empresas públicas e sociedades de economia mista, independentemente do regime jurídico de trabalho, terão direito ao PASEP. O pagamento será efetuado pelo Banco do Brasil.
  3. Tempo mínimo de cadastro: é necessário estar cadastrado no programa PIS/PASEP ou no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) há pelo menos cinco anos.
  4. Contribuição dos empregadores: é preciso ter trabalhado para empregadores que contribuem para o PIS/PASEP.
  5. Renda: o benefício é destinado a trabalhadores que tenham recebido até dois salários mínimos mensais.
  6. Tempo de trabalho: é necessário ter trabalhado por, pelo menos, 30 dias consecutivos ou não.
  7. Dados informados pelo empregador: os dados do trabalhador devem ter sido informados corretamente pelo empregador.

Calendário de pagamento do PIS/PASEP 2024

Embora o calendário de pagamento do PIS/PASEP 2024 ainda não tenha sido divulgado oficialmente, a previsão é de que os depósitos sejam realizados entre os meses de fevereiro e julho do próximo ano. Essa previsão pode sofrer alterações, portanto, é importante ficar atento às informações divulgadas pelos órgãos responsáveis.

O calendário de pagamento é definido anualmente por meio de uma Resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT). A demora na divulgação do calendário pode ser atribuída, em parte, aos impactos causados pela pandemia de Covid-19.

Outros benefícios reajustados devido ao salário mínimo

Além do PIS/PASEP, outros benefícios também serão reajustados devido ao aumento do salário mínimo. O Seguro-Desemprego, o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o Salário Maternidade e outros auxílios terão um aumento de R$ 101 em 2024. Isso significa que o valor do salário mínimo passará de R$ 1.320 para R$ 1.421 a partir de janeiro do próximo ano.

Ademais, o PIS/PASEP 2024 é um benefício aguardado pelos trabalhadores brasileiros que exercem suas atividades de maneira formal. Com um valor maior do que nos anos anteriores, o auxílio contribui para o aumento do poder de compra dos beneficiários.

É importante ficar atento ao calendário de pagamento, que será divulgado nos próximos meses, para garantir o recebimento do benefício. Além disso, é fundamental cumprir os requisitos estabelecidos para ter direito ao PIS/PASEP.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.