Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.5/5 - (4 votes)

PIS/Pasep com parcela de R$ 1.212 até dezembro; veja se você tem direito

Cerca de 480 mil trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial PIS/Pasep ano-base 2020. A boa notícia é que os valores estarão disponíveis até dia 29 de dezembro deste ano. A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil são os responsáveis pelos repasses.

Cerca de 480 mil trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial PIS/Pasep ano-base 2020. A boa notícia é que os valores estarão disponíveis até dia 29 de dezembro deste ano. A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil são os responsáveis pelos repasses.

Os trabalhadores podem consultar sua situação através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital, pelo portal ou aplicativo Meu INSS ou ainda pela central telefônica Alô Trabalho, no número 158. Confira mais informações a seguir.

Revisão do FGTS: alguns cidadãos podem receber até R$ 10 mil

Quem tem direito ao PIS/Pasep?

Nesse sentido, para ter acesso ao benefício, é necessário que o trabalhador se enquadre nos seguintes requisitos:

  • Estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Além disso, ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base de 2020;
  • Bem como, ter exercido atividade remunerada por, pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base de 2020;
  • Os dados atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.

Quem não tem direito ao PIS/Pasep?

  • Trabalhadores urbanos vinculados a empregador Pessoa Física;
  • Trabalhadores rurais vinculados a empregador Pessoa Física;
  • Diretores sem vínculo empregatício, mesmo que a empresa tenha optado pelo recolhimento do FGTS;
  • Empregados domésticos;
  • Menores aprendizes.

Saque extraordinário do FGTS: veja até quando os R$ 1 mil poderá ser retirado

Qual o valor do PIS/Pasep?

Antes de mais nada, o valor do abono salarial é de no máximo um salário mínimo vigente (R$ 1.212 em 2022). Todavia, é definido conforme a quantidade de meses trabalhados no ano-base (2020). Confira as proporções:

  • 1 mês trabalhado – R$ 101;
  • 2 meses trabalhados – R$ 202;
  • 3 meses trabalhados – R$ 303;
  • 4 meses trabalhados – R$ 404;
  • 5 meses trabalhados – R$ 505;
  • 6 meses trabalhados – R$ 606;
  • 7 meses trabalhados – R$ 707;
  • 8 meses trabalhados – R$ 808;
  • 9 meses trabalhados – R$ 909;
  • 10 meses trabalhados – R$ 1.010;
  • 11 meses trabalhados – R$ 1.111;
  • 12 meses trabalhados – R$ 1.212.

Como verificar se você tem direito ao benefício?

O PIS/Pasep está concedendo três saques para alguns trabalhadores. Para saber se pode ter acesso aos recursos, basta realizar uma consulta no aplicativo Carteira de Trabalho Digital (Android/iOS) ou na central telefônica, no número 158.

Além disso, é possível realizar o procedimento usando o CPF no aplicativo “Meu INSS”. Confira o passo a passo:

  1. Acesse o app do Meu INSS com o login e senha da conta Gov.br;
  2. Caso ainda não tenha a conta, crie uma com seus dados pessoais;
  3. Ao entrar na plataforma, toque em “detalhes do PIS” no canto superior da tela;
  4. Verifique todas as informações relacionadas ao seu PIS e tire suas dúvidas caso tenha.

NOTA DE R$100 pode valer até R$4.500; veja como TROCAR

4.5/5 - (4 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.