Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Pente-fino INSS: 902 mil pessoas serão selecionas; entenda

Os beneficiários que recebem o auxílio doença devem prestar atenção nas correspondências para não perder o benefício devido a um pente-fino do INSS – Instituto Nacional do Seguro Social. O órgão deve convocar 170 mil pessoas cadastradas no auxílio por incapacidade temporária.

Devem ser convocados aqueles sem data de cessação há mais de seis meses e que não realizaram perícia médica. As cartas já começaram a ser enviadas e devem seguir até agosto.

Essas novas convocações, devem se somar as outras 732.586 que passam por pente-fino do INSS. Sendo que estão acontecendo dois tipos de verificações: revisão administrativa e revisão de rotina dos Benefícios de Prestação Continuada.

Importante destacar que aquele segurado que não agendar a perícia em 30 dias poderá ter o benefício cancelado. Logo, também não continuará recebendo os valores.

Como saber se fui convocado para o pente-fino do INSS?

Você deve receber um sms, e-mail ou uma carta informando que foi selecionado para o pente-fino do INSS.

Outras formas de comunicar o segurado são por meio de rede bancária que paga o benefício ou a partir da publicação de edital no Diário Oficial da União.

Adriane Bramante, presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), em entrevista ao jornal Extra, destacou a importância de manter os dados de cadastro atualizados.

“Os segurados devem ter o endereço sempre atualizado, pois a comunicação pode ir por e-mail e, caso esteja em área de risco onde não chega carta, pode mudar o endereço”, disse.

Fui convocado e agora? 

Caso você seja convocado para o pente fino do INSS é importante seguir a recomendação e levar os documentos corretos.

“Assim que receber a carta, o beneficiário deve acessar o Meu INSS (gov.br/meuinss) pelo site ou aplicativo e clicar na opção ‘Agendar Perícia’. Esse agendamento também pode ser feito pelo telefone 135″, disse em nota o órgão.

E continuou: “É bom lembrar que o prazo para fazer esse agendamento é de 30 dias, a contar do dia em que a pessoa recebeu a carta. Quem perder esse prazo terá o benefício suspenso”.

Veja abaixo alguns documentos para serem apresentados no dia da perícia médica:

  • Atestado médico;
  • Laudos;
  • Exames;
  • Relatórios;
  • Documentos de identificação oficial (Identidade, CPF, CNH, etc.).

Cuidado com golpes!

Importante ficar atento com ligações telefônicas solicitando os seus dados. O INSS não realiza este tipo de procedimento, pois já tem as informações no seu sistema.

Não há qualquer cobrança para realização de perícia médica, por isso não aceite qualquer cobrança por telefone. E desconfie de contatos alegando ser do INSS, em caso de dúvidas você pode entrar em contato pelo telefone 135.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.