Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Paraná: Governador anuncia 6 mil vagas em novos concursos públicos

Na última quarta-feira, 03 de julho, o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, revelou que o governo estadual vai abrir novos concursos públicos, gerando cerca de 6 mil novas vagas para os paranaenses. O objetivo, conforme informou o chefe do executivo estadual, é contratar mais servidores para atuarem em diversas áreas da Administração Estadual.

Além da abertura de novos concursos, o governador também confirmou que haverá um reajuste de 5,09% no salário do funcionalismo nos próximos quatro anos.

“A proposta apresentada pelo governo soma alguns bilhões de reais. Só as contratações de novos servidores são R$200 milhões por ano a mais de gasto com folha do Estado”, disse Ratinho, durante coletiva para a imprensa no Palácio Iguaçu, no dia 03 de julho.

A proposta apresentada por Ratinho prevê abertura de concursos para Secretaria de Educação (988 vagas), Polícia Militar do Paraná (2.560 vagas), a Polícia Civil (400 vagas) e Científica (96 vagas), a Secretaria da Saúde (400) e para a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná – Adapar (80). Para o sistema prisional estão previstas 1.269 vagas.

Além disso, estão previstos concursos para o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e para o Teatro Guaíra.

Preenchimento de vagas vai respeitar Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)

Segundo informações da Secretaria da Administração e Previdência, o Estado do Paraná tem atualmente 134.347 servidores efetivos. Além disso, são 32.059 temporários e 2.241 comissionados, ambos sem vínculo com o Estado. Para cumprir a agenda de reajuste e novas contratações, o governo prevê o fim da licença prêmio para não ultrapassar o limite com as despesas de pessoal ativo e inativo imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Serão preservadas as licenças já adquiridas e instituído um programa para indenizar ou assegurar o uso destas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.