Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Pagamento da 2ª parcela do 13° salário começa nesta quinta, 24

O pagamento da segunda parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai começar a partir desta quinta-feira (24). Os beneficiários do instituto devem receber o benefício até o dia 7 de julho.

Calendário do 13° salário do INSS

Benefício de até um salário mínimo

Dígito final2ª parcela – Junho
124 de junho
225 de junho
328 de junho
429 de junho
530 de junho
601 de julho
702 de julho
805 de julho
906 de julho
007 de julho

Benefício superior a um salário mínimo

Dígito final2ª parcela – Junho
1 e 601 de julho
2 e 702 de julho
3 e 804 de julho
4 e 906 de julho
5 e 007 de julho

O pagamento do 13º salário ocorre conforme o número final do benefício, sem levar em consideração o dígito. Além disso, recebem primeiro os beneficiários que ganham até um salário mínimo, que hoje equivale a R$1.100.

Já aqueles que ganham mais que o piso nacional, recebem em datas diferentes, posteriores aos outros segurados. Caso o dia do pagamento caia em um feriado ou fim de semana, o depósito será realizado pelo instituto no dia útil seguinte.

Quem pode receber o abono?

Nem todos os segurados têm direito de receber o 13º salário, exemplo, os que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Ganham o salário extra aqueles que são vinculados ao:

  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Aposentadoria;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-reclusão;
  • Salário-maternidade.

Qual valor vou receber?

Como de costume, o benefício é distribuído em duas parcelas. A primeira parcela equivale a 50% do valor do 13º salário e a segunda parcela é sujeita a aplicação de taxas referentes ao IRPF 2021.

Devido a isto, os segurados que são declarantes do Imposto de Renda devem sentir faltar do valor total do benefício. Já os que recebem abaixo da margem de benefício definido pela Receita Federal, devem receber os 50% normalmente.

Veja também: Aposentadoria privada: como funciona? Há recolhimento do INSS? Entenda a respeito

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.