Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (2 votes)

Pagamento abono PIS/Pasep começa nos próximos meses

O benefício foi suspenso este ano devido a falta de recursos para o custeio. No entanto, os trabalhadores de direito deverão receber o dinheiro ainda nos próximos meses.

A partir de janeiro de 2022 o Governo Federal deve divulgar mais informações sobre o pagamento do abono salarial PIS/Pasep. O benefício foi suspenso este ano devido a falta de recursos para o custeio. No entanto, os trabalhadores de direito deverão receber o dinheiro ainda nos próximos meses.

Veja também: Auxílio Emergencial: votação da liberação da verba é adiada no Congresso

O PIS/Pasep é uma bonificação destinada aos trabalhadores com carteira assinada que exerceram atividade remunerada durante, ao menos, 30 dias consecutivos ou não no ano-base. Sendo o PIS destinado aos funcionários de empresas privadas e o Pasep concedido aos servidores públicos.

De acordo com a previsão da inflação deste ano, o abono terá valor limite de R$ 1.210,44, equivalente ao piso nacional projetado para 2022.

Quem pode receber o PIS/Pasep

Para ter acesso ao benefício, o trabalhador deve corresponder aos seguintes requisitos:

  • Estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido no ano-base, remuneração média mensal de até 2 salários mínimos;
  • Ter trabalhado com carteira assinada, no mínimo, 30 dias no ano-base;
  • Estar com os dados corretamente informados pelo empregador no Relatório Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base.

Para informações sobre a RAIS, consulte o site do Ministério do Trabalho e Emprego.

Valor do PIS/Pasep em 2022

Como mencionado, o valor do benefício é determinado pelo piso nacional em vigência. Neste sentido, é provável que o valor limite do abono seja de até R$ 1.210,44, assim como a projeção da inflação deste ano.

Todavia, a quantia é liberada apenas para os trabalhadores que exerceram as suas atividades durante os 12 meses do ano. Logo, aqueles que trabalharam durante um período inferior, terá o benefício com valor proporcional. Confira a seguir:

  • 1 mês: R$ 100;
  • 2 meses: R$ 200;
  • 3 meses: R$ 300;
  • 4 meses: R$ 400;
  • 5 meses: R$ 500;
  • 6 meses: R$ 600;
  • 7 meses: R$ 700;
  • 8 meses: R$ 800;
  • 9 meses: R$ 900;
  • 10 meses: R$ 1.000;
  • 11 meses: R$ 1.100;
  • 12 meses: R$ 1.200.

Pagamento e saque do PIS/Pasep

Os pagamentos do PIS são realizados através da Caixa Econômica Federal. Já o Pasep, é gerenciado pelo Banco do Brasil. Os saques podem ser realizados presencialmente na agência de ambas as instituições, basta apresentar um documento oficial com foto.

Porém, quem tiver conta corrente ou poupança podem acessar o valor do abono diretamente pelo aplicativo do banco e resgatar a quantia nos caixas eletrônicos.

Para os trabalhadores de empresas privadas que se encontram com dúvidas, basta telefonar para a Caixa no número 0800-726-02-07 ou acessar o site. Para a consulta, é necessário ter em mãos o número do NIS.

Já no caso dos servidores públicos, a consulta pode ser realizada em uma agência do BB ou pelo telefone 0800-729 00 01. No site da instituição também há a possibilidade de verificação a partir dos dados de identificação pessoal do trabalhador.

5/5 - (2 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Jeferson Miranda da mata Diz

    Quero saber se eu tô com pis na conta caixa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.