Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

O Renascimento Artístico: vai cair no ENEM!

Renascimento Artístico: vai cair na sua prova do ENEM!

A prova do ENEM é famosa por cobrar diversos conteúdos que envolvem artes e cultura geral. E, dentro desse amplo grupo, se insere o Renascimento Artístico, um assunto que aparece com frequência na prova de humanas.

Assim, é fundamental que você saiba o que foi esse movimento e quais são as suas principais características.

E é justamente por isso que o artigo de hoje trouxe um resumo com tudo o que você precisa saber para responder questões sobre o Renascimento nas questões de artes do ENEM.

Renascimento artístico: Definição

Como parte do Renascimento, a vertente artística do movimento se inspirou nos clássicos: a arte greco-romana. Por séculos essa arte foi deixada de lada, dando espaço para novas manifestações artísticas.

O movimento renascentista retomou então algumas características da arte clássica, deixando de lado as manifestações da época medieval.

Com caráter humanista, o renascimento teve como uma de suas características mais marcantes o antropocentrismo.

Se, por um lado, a arte medieval colocou Deus como centro de suas perspectivas, a arte renascentista colocou o homem como foco de sua manifestação.

Uma das maiores contribuições do movimento foi a perspectiva e a profundidade, apresentando um novo olhar para as artes.

O Renascimento na Itália

O berço do Renascimento artístico foi a Itália. Isso porque, foi de lá que saíram as principais obras e os principais nomes do movimento que, além da sua importância própria, também influenciaram outros países e artistas.

Um grande exemplo dessa importância e influência são os artistas florentinos, da cidade de Florença, contribuíram de maneira significativa com a técnica da perspectiva, a importância da paisagem e a precisão do desenho.

Ainda na região da Toscana, Leonardo da Vinci teve em influência em diversas áreas além das artes, como a arquitetura, música, matemática, física, escultura, química, astronomia, geologia e química.

Em Roma, o movimento teve seu apogeu no século XVI, com os papas Júlio II e Leão X. As grandes contribuições estão na Capela Sistina, na cúpula da Basílica de São Pedro e nas obras das Madonas e Virgem Maria com o Menino Jesus.

Já os artistas de Veneza, por sua vez, contribuíram com a luz e cores brilhantes.

Além da pintura, o Renascimento foi um movimento de grande destaque na arquitetura, com a construção de belos e luxuosos castelos, Igrejas e monumentos inspirados na antiguidade.

É importante destacar que a construção de maior destaque foi a Basílica de São Pedro, na cidade de Roma.

Principais nomes do Renascimento na Itália

  • Florença: Masaccio, Mantegna e Botticelli.
  • Roma: Michelangelo Buonarroti e Rafael Sanzio.
  • Veneza: Beilini, Tidano, Veronese e Tintoretto.

 

 

 

 

 

 

 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.