Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

O que fazer quando o dinheiro da restituição do IR não entra na conta?

Nesta segunda-feira (30), 198.967 contribuintes que entregaram a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) ficaram com o dinheiro do lote residual disponível nas contas indicadas neste ano. O contribuinte pode verificar se sua declaração foi liberada pelo site. Se a restituição não está disponível, é possível verificar possíveis inconsistências nos dados pelo Portal e-CAC, em “Meu Imposto de Renda”.

Se o contribuinte estiver incluído no segundo lote residual de restituições, mas não teve o dinheiro creditado na conta indicada durante a declaração, será necessário ir a uma agência do Banco do Brasil ou ligar para sua central de atendimento, por 4004-001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial para deficientes auditivos).

O valor será agendado em conta corrente ou poupança, em nome do titular, em qualquer instituição financeira. O agendamento também pode ser realizado pelo portal BB.

Quem faz parte do lote?

Este lote é composto por contribuintes que possuem recebimento preferencial garantido por lei. Destes, são 3.559 idosos acima dos 80 anos, 26.599 brasileiros entre 60 e 79 anos, 2.924 cidadãos com alguma deficiência mental ou física ou moléstia grave e 12.312 de trabalhadores cuja maior fonte de renda é o magistério. O grupo conta ainda com 153.573 contribuintes que não têm prioridade e entregaram a declaração do Imposto de Renda até dia 12 de novembro.

O valor fica disponível durante um ano para retirada.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.