Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

O que fazer quando o chefe é incompetente?

Saber o que fazer quando o chefe é incompetente pode parecer algo muito difícil. Pudera! Temos aquele imaginário de que todo chefe é super bem-sucedido e completamente competente para as mais diversas atividades. Porém, sabemos que não é bem assim que funciona.

Inclusive é importante levarmos em conta o fato de que o chefe, assim como nós, não precisa saber todas as coisas. Em contrapartida, sabemos que algumas habilidades são fundamentais na posição.

E quando essas habilidades elementares também faltam? Como lidar com tudo isso?

A seguir, discutimos sobre esse tema.

O que fazer quando o chefe é incompetente?

Antes de qualquer coisa, devemos avaliar o que queremos dizer com “chefe incompetente”.

Como mencionamos acima, é imprescindível considerar que todo ser humano é passível de falhas, e isso faz com que o chefe não precise saber de todas as coisas.

O problema surge quando esse “não saber” parece estar envolvido com todos os trâmites do trabalho.

Faltas, atrasos, esquecimentos, feedbacks ruins, falhas constantes, entre outras questões são recorrentes no dia a dia de trabalho do seu chefe? Então, talvez seja um bom momento para refletir.

Em contrapartida, se os “problemas” são mais pontuais, talvez seja só uma questão de colocar-se no lugar do outro e ver como você mesmo pode complementar a atividade, não acha?

De qualquer modo, se ainda assim quiser saber mais sobre o que fazer quando o chefe é incompetente, veja as considerações abaixo:

1- Veja como vocês podem criar uma atmosfera de complemento

Já trouxemos esse ponto para a discussão algumas vezes, e aqui vamos explorá-lo um pouco mais: as pessoas não têm como saber tudo, o tempo todo. Mas, você pode ter uma habilidade e o seu chefe outra.

Que tal usar as habilidades para se complementarem? Assim é possível construir uma atmosfera de trabalho mais positiva.

2- Não confronte e não fique “apontando o dedo”

Não queira parecer alguém melhor do que o seu chefe, agindo de uma forma nada profissional, que é “apontando o dedo”. Você não tem ideia dos desafios e das “tempestades” que estão sendo disparadas na mente e no coração do seu chefe. Por isso, tente ser mais empático e não confronte, converse!

3- Se possível ajudar e ensinar, por que não?

As pessoas têm uma ideia errônea de que não se ensina o chefe, pois é ele quem deve trazer novos conhecimentos para nós.

Isso pode até ser verdade, quando vemos o chefe como alguém acima de nós, e não ao nosso lado.

Que tal, então, mudar essa ideia? E assim, ao invés de julgar o erro, ensinar o correto?

4- Se houver possibilidade, assuma a sua própria liderança

Nas atividades em que você pode ter autonomia e se “liderar”, por que não fazer? Mostre proatividade e, claro, converse com o seu chefe para pedir algumas opiniões. Ademais, assuma as suas “pernas” sempre que possível e seja feliz assim!

5- Busque ajuda no RH da empresa ou cogite trocar de emprego

Por fim, se você ainda se questiona fazer quando o chefe é incompetente, uma vez que as ações anteriores não surtiram tanto efeito, busque o RH da empresa. E, em últimos casos, cogite trocar de emprego – às vezes é melhor colocar a sua saúde mental acima das outras coisas. 😉

Avalie o Texto.

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.