Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

O que é antropocentrismo? Definição e como afeta o meio ambiente

Antropocentrismo é a ideia de que os humanos são as entidades mais significativas ou centrais na Terra.

A palavra em inglês deriva de dois no grego antigo; anthr?pos é “ser humano” e kéntron é “centro”. De uma perspectiva antropocêntrica, todos os seres e objetos têm mérito apenas na medida em que contribuem para a sobrevivência e o prazer humanos.

Como acontece com a ganância humana em pequena e grande escala, o antropocentrismo cego impulsionou as mudanças climáticas, a destruição da camada de ozônio, a destruição da floresta tropical, o envenenamento da água e do ar, o ritmo de extinção de espécies, a abundância de incêndios florestais, o declínio de biodiversidade e muitas outras crises ambientais em todo o mundo.

Algumas evidências sugerem, entretanto, que o antropocentrismo não é de todo ruim. Na verdade, uma abordagem intergeracional pode produzir estratégias de comunicação eticamente sólidas que funcionam em benefício do meio ambiente.

As medidas tomadas hoje para proteger os interesses e a qualidade de vida das pessoas de amanhã podem beneficiar o meio ambiente agora e no futuro.

O antropocentrismo encontra o ambientalismo

Em 1962, um livro escrito por Rachel Carson revelou como os esforços incansáveis ??para subjugar a natureza para ganhos corporativos e privados estavam levando muitas espécies de plantas e animais à extinção. A obra envergonhou tão efetivamente os humanos por estarem “em guerra com o meio ambiente” que lançou o movimento ambientalista moderno.

Em um depoimento, Carson habilmente transformou o antropocentrismo prejudicial ao meio ambiente que ela havia documentado em uma força pró-meio ambiente. Ela exortou o subcomitê a agir não apenas por preocupação com a Terra, mas em nome dos humanos que dependem da generosidade da Terra.

“A contaminação do meio ambiente com substâncias nocivas é um dos grandes problemas da vida moderna. O mundo do ar, da água e do solo sustenta não apenas centenas de milhares de espécies de animais e plantas, mas sustenta o próprio homem. No passado, muitas vezes optamos por ignorar esse fato. Agora estamos recebendo lembretes incisivos de que nossos atos descuidados e destrutivos entram nos vastos ciclos da terra e, com o tempo, retornam para nos trazer perigo”.

Com frases como “traga perigo para nós mesmos”, Carson transformou com sucesso o antropocentrismo em um porrete com o qual batalhar os problemas que ele havia criado.

Leia também – Atualidades: qual a definição de poluição do ar? Entenda

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.