Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

O Atentado de 11 de setembro de 2001: um resumo

O Atentado de 11 de setembro de 2001: os principais tópicos

O Atentado de 11 de setembro de 2001, na época em que ocorreu, escandalizou todo o mundo. Milhares de civis foram mortos.

Além disso, o Atentado causou grande impacto nos Estados Unidos, uma vez que era a primeira vez que americanos eram atacados em seu próprio país.

Dessa maneira, diversos tópicos desse Atentado são explorados pelas questões de História Geral e Atualidades das principais provas brasileiras.

Assim, é fundamental que você domine o assunto para garantir um bom desempenho em qualquer prova que aborde o assunto.

Atentado de 11 de setembro de 2001: Introdução

O atentado de 11 de setembro de 2001 foi o maior atentado terrorista da história dos Estados Unidos. Nesse dia, o o grupo Al-Qaeda atacou os EUA fazendo uso de aviões civis. Osama Bin Laden comandou os ataques que deixaram 2.996 mortos e 6.000 feridos.

Atentado de 11 de setembro de 2001: O ataque

Em 11 de setembro de 2001, na parte da manhã, quatro aviões com passageiros civis foram sequestrados em vários pontos dos Estados Unidos. Controlados por terroristas da Al-Qaeda, os aviões partiram, então, para diferentes alvos dentro do país: as Torres Gêmeas, em Nova Iorque, o Pentágono e o Capitólio, ambos em Washington. Porém, esse último não chegou a ser atingido.

A prisão de Bin Laden, líder dos ataques, se tornou uma questão de honra para o Governo dos EUA. Porém, ele só foi encontrado e, posteriormente, morto em 2011, durante a gestão de Barack Obama.

Atentado de 11 de setembro de 2001: Motivações

No final da década de 70, com o surgimento de Regimes islâmicos no Oriente Médio, os Estados Unidos iniciaram a elaboração de planos para manter a influência na região. O principal interesse do país era garantir o abastecimento de petróleo, grande fonte de riqueza que poderia ser encontrada em abundância nos países do Oriente Médio.

Assim, os EUA lideraram uma série de campanhas militares em diversos países do Oriente Médio, mas principalmente no Afeganistão. Porém, os extremistas religiosos ficaram contrariados com a intromissão dos Estados Unidos nos assuntos internos. Dessa maneira, diversas guerrilhas formaram aliança com Osama Bin Laden e com o grupo terrorista Al-Qaeda para que, assim, pudessem se vingar dos americanos.

Atentado de 11 de setembro de 2001: Consequências

Após os atentados de 11 de setembro, diversas medidas de segurança foram reforçadas nos aeroportos dos EUA e de diversos países do mundo. Dentre elas, o isolamento total dos pilotos em suas cabines, com contato somente por interfone.

Além disso, nos Estados Unidos criada a Lei Patriótica. Essa legislação tinha como objetivo a consolidação de medidas de segurança que pudessem prevenir outros ataques. Dentre elas, podemos citar:

  • Tornar suspeito depósitos e transferências de dinheiro para destinatários sem identificação
  • Permissão para uso de escuta telefônica ou para interceptação de mensagens sem a necessidade de autorização da Justiça
  • O compartilhamento de dados pessoais entre as diversas agências de inteligência
  • O confisco de bens materiais a pessoas físicas e jurídicas que apoiem ou pratiquem atos terroristas.
Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.