Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

NOVO plano pode ser remover auxílio de R$300 com retorno ampliado do Bolsa Família

Paulo Guedes, ministro da Economia, afirmou que o plano do governo para o auxílio emergencial é encerrá-lo em dezembro deste ano, com retorno ao Bolsa Família como programa de transferência de renda.

“A resposta hoje, se você perguntar assim, qual o plano para o auxílio emergencial? Remoção gradual… acaba o auxílio emergencial. Que já foi 600, caiu pra 300 e ele acaba, nós voltamos para o Bolsa Família”, disse Guedes durante um evento online organizado pela Abras.

O ministro informou que esse é o plano A, tendo em vista que o surto de coronavírus está diminuindo no país e a economia, reagindo. De acordo com o cronograma de pagamento do auxílio emergencial, a última parcela será paga em 31 de dezembro.

Ainda, durante a sua participação, Guedes afirmou que, caso haja uma segunda onda de coronavírus chegue no país, o auxílio deverá ser mantido e um novo estado de calamidade pública será decretado.

Entretanto, o ministro afirmou que o gasto do governo será menor em um novo enfrentamento ao vírus, ficando por volta de 4% do Produto Interno Bruto (PIB), contra 10% do PIB neste ano.

“Nossa hipótese de trabalho é ir retirando os estímulos, é o que estamos fazendo, era 600 (reais), baixa para 300, depois aterrissa ali na frente ou numa versão do Renda Brasil, de renda básica, ou no próprio Bolsa Família que existia antes”, disse.

Auxílio prorrogado até dezembro

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação do auxílio emergencial por quatro meses no valor de R$ 300. A extensão do auxílio foi oficializada por meio de medida provisória e terá que ser aprovada por deputados e senadores no Congresso Nacional.

“Não é um valor o suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente atende. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do valor do Bolsa Família. Então, decidimos aqui, até atendendo a economia em cima da responsabilidade fiscal, fixá-lo em R$ 300”, disse Bolsonaro.

Neste ano, o Executivo depositou cinco parcelas de R$ 600 para os beneficiários do auxílio, visando ajudar os brasileiros de baixa renda, trabalhadores informais, MEIs, autônomos e desempregados.

24 Comentários
  1. Andréa Costa Diz

    Pra esse ministro e fácil falar eu pagava pra ver se fosse ele em nosso lugar se ele viveria desempregado só com 300 por mês e ainda quer cortar ….so que Deus e justo em ministro ele escreve certo por linhas tortas!!!!

  2. Carlo Diz

    Pessoal eu quero saber cadê os empregos as portas todas se fechando Mercedez Benz saindo do Brasil, não tem emprego e esse falando que o vírus está acabando e as pessoas morrendo, será que estamos sendo governado pelo um bando cegos e louco querida ver se alguém da família dele merecem eles iam falar essas babogeiras.
    Arrumando desculpa para não continuar com o auxílio emergencial, só que precisa e o bolsa família pq o resto que morra de fome será que existem alguns enteresse no bolsa família.

  3. Reginaldo Menezes de Oliveira Diz

    É inadmissível,uma nação tão rica e fértil como a nossa o povo passar por uma onda de pandemia,sem um pingo de dignidade,isso é lamentável ,quantas vidas se foram e quantas mas perderemos,para nossos líderes acordarem e tomar às rédeas da situação como verdadeiros representante do povo.

  4. valdecy Diz

    Esse Paulo Guedes é muito fresco viado safado tira esse idiota bota alguém mais inteligente tire esse burro isso pegava.

  5. Raimunda Mendonça Alves Diz

    Ai gente. E vdd o caso ta almentado DEUS e agora ! BOLSONARO n faca cm q nos desistimos de vc e isso q o PT Quer

  6. Iracema da Silva Diz

    São um bando de sebosos, enquanto o povo, e obrigado a fazer isolamento,eles só sabem fazer politicagem…….

  7. Marlene Duarte Diz

    Vamos esperar que a economia do Brasil melhore. Precisamos trabalhar, o auxílio é emergencial portanto não pode ser para sempre.

  8. S∆NDRÃO Diz

    😏 ” NA BOA; ESSES CARAS SÃO UNS LIXOS MESMO; POVÃO TODO FUDIDO PASSANDO FOME,, E OS CARAS CONVERSANDO BORRACHA; TNC MANO; BANDOS DE INÚTEIS ” 👊☣️⚠️

  9. Alexandre Diz

    “Eles” não fazem nada pra ajudar o povo que mais precisa. Esses 300 reais estão ajudando muitas pessoas e eles estão já pensando numa desculpa que vão dar,somente para preserva o outro programa

  10. Jose Diz

    Esse Ministro é um louco,enquanto o país passa por um absurdo aumento dos casos de covid esse idiota faz um comentário absurdo desse.que está diminuindo.não presta nem pra vereador, imaginem pra Ministro.

  11. KAROLINA MENDES DOS SANTOS Diz

    A lojinha de 10 reais no meu bairro agradece o bolsa família. Por mante a loja sempre cheia

  12. Venicio da Costa Brito Diz

    Deus abençoe foi muito bom para mim sobreviver durante está maldita epidemia

  13. Alexandre Diz

    E ainda têm pessoas que acreditam em políticos. Quer dizer que a pandemia só não acaba para o pessoal do Bolsa Família?

  14. Jefferson Diz

    E nós quê não temos o bolsa família vamos morrer de fome né….. Pense nisso Paulo Guedes e vc tbm senhor presidente do Brasil!!!!!!!..

  15. Paulo Oliveira Diz

    Harold e Laurilene, deve passar os dias no fique em casa e só vendo globolixo, lamentávelmente que pessoas desinformadas venham fazer comentários sem o menor fundamento, compreensível uma vez que não saem da frente das redes lixo.

  16. Francisca Diz

    Au não é aposentadoria temos q agradecer pela ajuda e seguir vem frente deixa a preguiça de lado

  17. O Brasileiro sofrido . Diz

    Sem comentarios o Brasileiro da um jeitinho passa fome , luz pra pagar tudo errado .ú

  18. Amanda Diz

    Em que mundo esse Paulo Guedes está? Pandemia acabando? Economia voltando? Ele deve estar louco! O povo que paga impostos altíssimos precisa de ajuda, cortar o auxílio é uma vergonha é não ter estendido o seguro desemprego, foi desumano!!!

  19. Márcio Diz

    Estamos perdido se cortar o auxílio é fome na certa e conta atrasada .Guedes hora extra no mundo affffffff.

  20. Harold Rosemberg Diz

    Cada vez mais percebo que minha pátria não é mais amada e nem tão pouco gentil. O descaso e a falta de respeito ao cidadãos, são notórios! Vejo uma falta de humanidade a quem deveria ser sensatos e querentes ao assumir suas posições nos cargo, tantos nos poderes legislativo, executivo judiciário. Não quero ser enfático, pois minhas palavras seriam firmes e dolorosas. Pois canso de ver nos noticiários assuntos, que ao invés de conhecer soluções de nosso estado pelo congresso, tenho a cada dia conhecimentos de atitudes desconsideradas a quem deveria abraçar o país, o destrói com atitudes inquerentea, egoístas e de mentiras. Como que nos dias de hoje, o crescimento dos casos de “covid-19” almentando. Hospitais sem leitos preparados para receber doentes, sem planejamentos ligeiro para convocação de médicos, com imediatos constatação. Não! São pessoas morrendo aponto de colocarem cadáveres juntos a salas de tratamentos. Pode melhorar como? Praias liberadas, aglomerações em massa em todas áreas. E o almento sendo expressivo. E ainda o Senhor ministro Paulo Guedes afirma que a pandemia no país está tendo diminuição? Isso é um absurdo! Os jornais mostrando os mapas das regiões em vermelho, ou seja em alta! Ainda dia que está melhorando. A economia pode estar almentando, porque os senhores estão liberando tudo! O povo circula, e a economia sobe, e as vendas de caixões para cadáveres disparam! Então é isso a pátria amada que mata? Vamos mudar isso. É hora do presidente ser presidente de verdade e para de falar coisas desnecessárias e focar num empenho maduro e resolutivo. Assim também para os deputados, pararem de brincar de político, e mudar as situações dos estados.

    1. Regina oliveira Diz

      Quantas verdades ditas,
      uma população civil sobrêvivendo em contos de fadas.

  21. Laurilene de Araujo Diz

    Acho que esse ministro paulo geudes é cego pra ele dizer que a pandemia ta acabando. Deve ser na casa dele.

    1. ZULEIDE RODRIGUES Diz

      na casa dele podia continuar tem dinheiro pra pagar plano de saúde , agora pra população brasileira sem condições eu queria que já tivesse acabado ,porque além do vírus sendo uma ameaça ainda temos que lhe dar com essa preocupação a mais sem saber como vamos sobreviver sem auxílio nem emprego de qualidade nem uma, até mesmo
      pra faxina não chamam comedo de levarem o vírus pra suas casa aqui no RN tamos passando por um momento crítico cada dia aumenta mais os caso é as morte só Deus pra ter misericórdia de nós

    2. Jacira Alves da silva Diz

      jacirapanr@gmail.com
      Concordo plenamente com você
      Ele com certeza está cego viu
      Porquê o quê vejo é só alimentado
      De novamente .

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.