Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Novo golpe financeiro: veja como não cair

Um novo golpe financeiro tem atraído muitas vítimas e feito que elas acabem saindo no prejuízo. Veja como se proteger e como estão atuando os criminosos. Ao final, compartilhe também com amigos e familiares.

Veja também:‘Perdi R$ 3,6 milhões em golpe com bitcoin’, diz empresário

Como o golpe é aplicado?

Este golpe financeiro geralmente é aplicado pelas redes sociais, alegando uma “queima de estoque” ou uma “super promoção” uma loja vende itens com preço bem abaixo do mercado. Feito isso, a suposta empresa também solicita pagamentos adiantados para conseguir reservar o item ou até mesmo “segurar a oferta”.

Muitas pessoas, pela necessidade, acabam transferindo o dinheiro na hora, mas na verdade nunca vão receber o item, já que a loja nem existe e não se passam de golpistas querendo levar vantagem. É muito comum ver outros comentários de supostas pessoas que já compraram, o problema é que elas podem fazer parte da quadrilha.

Pode parecer que apenas pessoas distraídas caem no golpe financeiro, mas a verdade é que os criminosos podem ser bem convincentes. É importante ficar atento ao máximo e conferir todas as informações antes de enviar qualqer transferência.

Os criminosos podem também vender um item usado e tentar manipular a vítima alegando que precisam para pagamento de algum remédio, contas ou até mesmo alimentos. Neste caso, mesmo em época de crise da economia, é preciso ficar ainda mais atento se a história de fato é verdadeira;

Com a inflação em alta, qualquer dinheiro faz falta, certo? Por isso, veja abaixo algumas dicas para não perder dinheiro neste tipo de golpe.

Como se proteger?

  • Desconfie;
  • Faça pesquisas sobre a empresa;
  • Não acredite somente em prints de comentários positivos ou relatos nas redes sociais, podem ser falso;
  • Geralmente, quando os pagamentos precisam ser realizados urgentemente, a chance de ser parte de golpes financeiros é maior;
  • Prefira comprar em empresas que você já conhece;
  • Desconfie de promessas que vendem produtos muito abaixo do mercado;
  • Localize as redes sociais e procure por reclamações;
  • Procure o endereço da loja no Google;
  • Procure a reputação da loja no Reclame Aqui;
  • Confira quantas vezes forem necessárias as informações sobre a loja;
  • Não passe seus dados pessoais em sites suspeitos;
Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.