Novo Bolsa Família pode ser solicitado online? Veja como se cadastrar

O pré-cadastro no CadÚnico pode ser realizado de forma online. No entanto, para se cadastrar no Bolsa Família é necessário atendimento presencial

O novo Bolsa Família teve o seu relançamento na última quinta-feira (02), após o presidente Lula assinar uma Medida Provisória (MP) para a volta do programa. Assim, neste mês, os beneficiários poderão receber por meio do novo programa a partir do dia 20 de março, segundo o calendário de pagamentos.

Milhares de famílias já possuem cadastro no programa. No entanto, até o momento, existem muitas pessoas que estão de fora. Para estas, ainda é possível fazer o cadastramento para receber os pagamentos mensais do maior programa de distribuição de renda do país.

A seguir, entenda como se cadastrar no Bolsa Família!

O Bolsa Família pode ser solicitado online?

Em primeiro lugar, vale ressaltar que a principal regra para participar do Bolsa Família é se cadastrar no CadÚnico, cadastro do Governo Federal para a inclusão das famílias brasileiras nos programas governamentais de auxílio e distribuição de renda.

Através dele, o governo tem acesso às informações das famílias de baixa renda. Dessa forma, consegue fazer a distribuição dos seus programas sociais. Assim, para quem deseja participar dos programas governamentais, se cadastrar no CadÚnico é passo fundamental, pois só assim poderá ser selecionado.

O pré-cadastro no CadÚnico pode ser realizado de forma online. No entanto, para se cadastrar no Bolsa Família é necessário atendimento presencial. A seguir, veja como fazer o seu pré-cadastro online no CadÚnico:

  1. Primeiro, baixe o aplicativo Cadastro Único no seu celular;
  2. Ao abrir o app, procure pela opção pré-cadastro;
  3. Siga as orientações da tela e informe todos os documentos solicitados.

Após realizar o pré-cadastro no CadÚnico, o responsável familiar terá até 120 dias para comparecer ao CRAS (Centro de Referências e Assistência Social) do seu município para completar o cadastro.

Após completar o cadastro de forma presencial, você estará apto a receber o Bolsa Família caso esteja de acordo com as regras do programa. A seleção dos beneficiários acontece de forma automática. Para isso, o Governo Federal realiza o cruzamento de dados para obter informações sobre a sua família e conceder o benefício.

Quem tem direito?

A seguir, confira todas as regras para participar do programa Bolsa Família em 2023:

  • Ter cadastro ativo e atualizado no CadÚnico (Cadastro Único) do Governo Federal;
  • Se enquadrar em estado de extrema pobreza (renda de até R$ 105 por pessoa) ou em estado de pobreza (renda de até R$ 210 por pessoa);
  • Ter algum membro familiar que seja membro do Benefício de Prestação Continuada (BPC) do INSS.
  • As crianças precisam estar devidamente matriculadas em uma instituição de ensino e frequentando as aulas;
  • Manter a vacinação das crianças em dia e comprovar no cadastro do benefício por meio do cartão de vacinação;
  • Gestantes deverão estar realizando o pré-natal;
  • Lactantes (mães que amamentam) também deverão receber acompanhamento do sistema de saúde.

Qual será o valor do novo Bolsa Família?

O Governo Federal já aprovou o pagamento base de R$ 600 para todas as famílias beneficiárias. Sendo assim, afirmou que nenhuma família irá receber abaixo desse valor.

Além disso, também houve a aprovação de um valor extra no benefício para os integrantes familiares. De acordo com as novas regras, a família que possuir crianças de até 6 anos de idade receberão o valor extra de R$ 150 por criança, com possibilidade de cadastrar até 2 crianças por família.

As famílias que possuírem como membros crianças e jovens entre 6 e 18 anos de idade, receberão o valor extra R$ 50 por cada integrante nesta faixa etária. As gestantes também receberão um extra de R$ 50 no benefício.

Vale ressaltar que o pagamento dos valores extras no Bola Família são cumulativos. Isso significa que, se uma família tiver uma gestante e uma criança de até 6 anos de idade, por exemplo, o valor total do benefício será de R$ 800 (600 reais base, somado a 150 da criança e mais 50 da gestante).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.