Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

NOVO benefício de R$1.000 vai integrar ao programa Bolsa do Povo

A medida foi criada por meio da Lei nº 17.372. Entre as áreas que o programa contempla estão a do trabalho, qualificação profissional, educação, saúde, habilitação e esporte.

O Programa Bolsa do Povo é uma espécie de “guarda-chuva” para vários outros projetos de cunho social do estado de São Paulo. Ele foi criado inicialmente para atender 500 mil cidadãos em situação de vulnerabilidade, mas agora a meta é contemplar até 2 milhões de pessoas.

Veja também: NOVO auxílio de R$ 658 é liberado para 60 mil trabalhadores; veja como receber

A medida foi criada por meio da Lei nº 17.372. Entre as áreas que o programa contempla estão a do trabalho, qualificação profissional, educação, saúde, habilitação e esporte. Tais opções são viabilizadas por meio dos seguintes “subprojetos”:

  • Ação Jovem;
  • Acolhe Saúde;
  • Auxílio Moradia;
  • Bolsa do Povo Educação e Estudantes;
  • Bolsa Empreendedor;
  • Bolsa Talento Esportivo;
  • Bolsa Trabalho;
  • Centro Paula Souza;
  • Novotec Expresso;
  • Programa Vale Gás;
  • Renda Cidadã;
  • SP Acolhe;
  • Via Rápida.

A mais recente novidade sobre o programa é voltada aos MEIs (Microempreendedor Individual) e desempregados. Os grupos já podem se inscrever no programa para receberem um auxílio no valor de R$ 1 mil.

De modo geral, o governo de São Paulo dará prioridade aos grupos mais vulneráveis, sendo o de famílias de baixa renda, mulheres, pretos, pardos e indígenas, jovens com idade entre 18 e 35 anos e pessoas

Como aderir ao novo benefício?

Para ter acesso ao benefício do programa, o cidadão interessado deve cumprir os seguintes requisitos:

  • Morar no estado de São Paulo
  • Ter idade igual ou superior a 18 anos
  • Ser alfabetizado
  • Estar incluído em uma das três categorias de emprego a seguir: informal, desempregado ou MEI.

Para realizar o cadastro, basta acessar o portal do Bolsa do Povo Empreendedor até o dia 3 de janeiro de 2022 e preencher o formulário. A lista com os selecionados será divulgada até o dia 15 de janeiro, através de SMS’s ou e-mail.

Pagamento do Bolsa do Povo

Os beneficiários recebem o Cartão bolsa do povo para terem acesso ao benefício. A ferramenta é entregue no endereço indicado pelo cidadão no ato da inscrição. Caso tenha mudado de residência, basta atualizar a informação no portal do Bolsa do Povo.

O site oficial do programa também disponibiliza o desbloqueio do cartão. No entanto, caso o contemplado prefira, pode fazer o procedimento na central de atendimento pelo telefone 0800-7979-800 (os atendimentos são feitos de segunda a sexta, das 8h às 18h), ou via central eletrônica 24h no WhastApp (11) 98714-2645.

“Este cartão será enviado a milhares de pessoas beneficiárias do programa Bolsa do Povo. Entre os benefícios, estão o Vale Gás e o São Paulo Acolhe. Os cartões serão enviados diretamente àquelas pessoas vulneráveis através dos serviços dos Correios. São mais de 2 milhões de pessoas que serão beneficiadas com este cartão do Bolsa do Povo”, afirmou João Doria, governador do estado.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Estefaniz França De Andrade Diz

    Eu estou precisando faze muito esse curso

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.