Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Sisu 2020 abre inscrições nesta terça com 237 mil vagas; veja como se inscrever

Neste semestre, o SISU abre inscrições para 237 mil vagas em 128 instituições de ensino superior públicas

O Sistema de Seleção Unificada abre nesta terça-feira, 21 de janeiro, as inscrições para os processos seletivos que utilizam das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de seleção. Neste semestre, o SISU abre inscrições para 237 mil vagas em 128 instituições de ensino superior públicas. O prazo do SISU 2020 segue aberto até sexta-feira, 24 de janeiro.

Para concorrer a uma das vagas nas universidades públicas, o candidato precisa ter participado da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter obtido nota na prova de redação que não seja zero. Os resultados do ENEM foram divulgados na última sexta-feira, 17 de janeiro, e podem ser consultados na página do participante. Para isso, basta digitar o CPF e a senha cadastrada no sistema. No aplicativo oficial também é possível consultar o desempenho.

SISU tem 237 mil vagas abertas

O Sistema de Seleção Unificada – SISU abriu 237 mil vagas em diversas universidades públicas. Com o SISU, não é necessário fazer um vestibular para cada uma, já que o sistema usa a nota do Enem para pleitear uma vaga nas 128 instituições de ensino participantes.

Segundo as regras do SISU, os interessados poderão se inscrever entre 21 e 24 de janeiro. O resultado da seleção será divulgado no dia 28 de janeiro. Os estudantes selecionados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro. Quem não for selecionado poderá participar da lista de espera.

O prazo para se candidatar é de 29 de janeiro a 4 de fevereiro. Os candidatos em lista de espera serão convocados pelas próprias instituições de ensino, entre 7 de fevereiro e 30 de abril.

SISU – Veja como funciona

O SISU vai utilizar a nota do Enem para selecionar alunos que desejam estudar em universidades públicas do país. Ele funciona assim: a partir do dia 22 de janeiro, o candidato pode entrar no site oficial (http://sisu.mec.gov.br/)

na página oficial, o candidato poderá fazer uma busca por universidade, curso ou município. Por exemplo: “Medicina” em “Salvador”. O sistema de seleção vai exibir todas as instituições na capital baiana que dispõem de vagas nessa graduação.

o candidato deve escolher duas vagas para disputar e confirmar a inscrição para elas. Atenção: é preciso indicar a ordem de preferência.

Após isso, é aconselhado que o candidato fique atento até a próxima sexta-feira, dia 24, quando o sistema fechará as inscrições. É possível mudar as opções de curso no decorrer da semana, com base nas notas de corte parciais que são divulgadas.

Nota de Corte

Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte (menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados) para cada curso com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência.

A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição, não sendo garantia de seleção para a vaga ofertada. O sistema não faz o cálculo em tempo real e a nota de corte é modificada de acordo com a nota dos inscritos. A nota de corte só será informada pelo sistema a partir do segundo dia de inscrição.

Durante o período de inscrição no Sisu, o candidato pode consultar, em seu boletim, a sua classificação parcial na opção de curso escolhido. A classificação parcial é calculada a partir das notas dos candidatos inscritos na mesma opção. Portanto, é apenas uma referência e pode ser observada pelo estudante durante o período em que o sistema estiver aberto para as inscrições. Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados. No boletim de acompanhamento, o candidato pode consultar sua classificação e o resultado final.

Lista de espera

O candidato não selecionado na chamada regular em nenhuma das suas duas opções de curso. O estudante apto a participar da lista de espera poderá manifestar interesse para a primeira ou segunda opção de curso para o qual optou por concorrer em sua inscrição ao Sisu.

O candidato deve acessar o sistema durante o período especificado no cronograma e, em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu. Certifique-se de que sua manifestação foi realizada. Ao finalizar a manifestação o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

Na lista de espera, a convocação dos candidatos para a matrícula cabe às próprias instituições de ensino. Assim, é importante que os candidatos acompanhem as convocações da lista de espera junto à instituição na qual tenha manifestado interesse.

Cronograma SISU

Inscrições – 21 a 24 de janeiro

Resultado da Chamada Regular – 28 de janeiro

Prazo para participar da lista de espera – 29 de janeiro a 4 de fevereiro

Convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições – 07 de fevereiro a 30 de abril

Outras ofertas de vagas

Além de participar da edição de 2020 do SISU, os estudantes poderão usar as notas do ENEM para concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). Os estudantes interessados poderão se inscrever entre 28 e 31 de janeiro. Podem também se inscrever no Programa de Financiamento Estudantil (Fies), de 5 a 12 de fevereiro.

Vale destacar que os estudantes também podem usar as notas para cursar o ensino superior em Portugal, uma vez que o INEP é conveniado com mais de 40 instituições portuguesas. Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem como forma de seleção independente dos programas de âmbito nacional. Para isso, os estudantes devem consultar diretamente as instituições nas quais têm interesse em estudar.

Cronograma Prouni

Inscrições: 28 de janeiro a 31 de janeiro

Divulgação de resultados da primeira chamada: 4 de fevereiro

comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (primeira chamada): 04 a 11 de fevereiro

registro no Sisprouni e emissão dos termos pelas instituições (primeira chamada): 04 a 14 de fevereiro

divulgação dos resultados da segunda chamada: 18 de fevereiro

comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (segunda chamada): 18 a 28 de fevereiro

registro no Sisprouni e emissão dos termos pelas instituições (segunda chamada): 18 de fevereiro a 3 de março

Cronograma Fies

Inscrições: 05 a 12 de fevereiro

divulgação dos resultados das modalidades Fies e P-Fies: 26 de fevereiro

complementação da inscrição no Fies: 27 de fevereiro a 2 de março

complementação da inscrição postergada: 3 a 5 de março

lista de espera – modalidade Fies: 28 de fevereiro a 31 de março

Leia Também:

top planilha

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.