Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Nome sujo: Como regularizar CPF negativado?

Consumidores que possuem dívida não paga dentro do prazo de vencimento podem ter o Cadastro de Pessoa Física (CPF) negativado e ficar com o nome sujo. Isso significa que o nome pode ter sido incluído em cadastro de órgãos de proteção ao crédito, como o SCPC, CCF, SPC e Serasa.

Ficar com o nome sujo limita o poder de compra do cidadão, já que significa que ele tem grande chance de ser mau pagador. Além disso, os bancos costumam verificar essa informação antes de liberar financiamentos, empréstimos e cartões de crédito. Os bancos costumam verificar essas informações para se certificar de que o cidadão possui um bom histórico de responsabilidade financeira e pouca probabilidade de não pagar o que é devido.

Em geral, empresas esperam entre 30 e 60 dias para incluir o nome do cliente no cadastro de inadimplentes. Não há um prazo mínimo estipulado no Código de Defesa do Consumidor. Para saber se o nome está sujo, basta visitar o site do Serasa Consumidor. A consulta pode ser feita gratuitamente, bastando criar uma conta com CPF e alguns dados pessoais. No caso de nome sujo, o site costuma mostrar opções de negociação para regularizar a situação.

Para limpar o nome, basta pagar a dívida. Após ela ser quitada, a empresa tem até cinco dias úteis para regularizar a situação e retirar o nome do cidadão do cadastro de órgãos de proteção ao crédito. A renegociação já é suficiente para limpar o CPF do cidadão. Em caso de renegociação, a regularização deve ser feita em até cinco dias úteis após a primeira parcela da dívida ser paga.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.