Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Mulheres seguem ganhando destaque no empreendedorismo

Na semana passada se celebrou o Dia Internacional do Empreendedorismo Feminino, que conta a história de tantas mulheres que obtiveram sucesso por terem apostado no empreendedorismo.

O número de mulheres no Brasil que estão abrindo negócios não para de crescer. De acordo com uma pesquisa recente da Rede Mulher Empreendedora, mostrou que 55% das empresárias brasileiras abriram um negócio nos últimos 3 anos, sendo que 26% o fizeram durante a pandemia.

Uma boa parte delas empreende por necessidade, pois estão enfrentando uma série de dificuldades, como o acesso ao crédito. De acordo com a RME, 43% das participantes da pesquisa realizaram a solicitação de empréstimo, porém tiveram os seus pedidos negados.

Mulheres estão ocupando postos na mecânica

Algumas empresas de mecânica no país já estão oferecendo cursos de mecânica e de gestão para oficinas, sendo que muitas delas estão crescendo tanto nos últimos anos que estão se atentando à necessidade de abrir novas franquias.

Porém, o preconceito ainda está presente nessa e em outras áreas que as mulheres estão buscando empreender. O que acontece em situações como essa, é que quando os alunos chegam, muitas vezes acabam perguntando para conversar com um homem, que seria o professor natural de mecânica.

As mensagens das mulheres que empreendem, sobretudo após o início da pandemia, é que as mulheres podem ser o que quiserem, do jeito que elas bem entenderem. O ideal é viver a sua jornada e sem dar importância às opiniões contrárias.

Manutenção feita por mulheres

As mulheres também estão marcando presença em empresas de serviços residenciais e reformas, enfrentando lutas diárias em ambientes que são predominantemente masculinos. São vários os relatos de mulheres que trabalham com manutenção que afirmam que precisam lidar todos os dias ao mesmo tempo o fato de serem mulheres e profissionais.

Nesse setor as mulheres prestam diversos serviços, como instalações de prateleiras, quadros e cortinas, montagem de móveis, reparos elétricos e hidráulicos, pintura, instalações e reparos, principalmente em grandes metrópoles como São Paulo e Rio de Janeiro.

Também já caiu no pensamento das mulheres que o empreendimento em qualquer área é desafiador, ainda mais quando se vê que a maior parte dos negócios é comandada por homens.

Ideia é fortalecer as relações com outras empreendedoras

O segredo desde já é estudar muito e ter contato com quem está buscando os mesmos objetivos profissionais, pois conversando com outras mulheres, é possível tomar informações e conselhos com pessoas que podem estar a até mais tempo no mercado ativamente.

Também vale ressaltar as campanhas que estão acontecendo em espaços abertos de mídia, como grandes canais da TV aberta e que dessa maneira, acaba influenciando positivamente para que mais mulheres tomem coragem e entrem no mundo dos negócios, sem pensar em nenhum tipo de preconceito.

Ainda sobre o público feminino, mas agora com a pauta mulheres negras, são várias as empresas que decidiram apostar ao longo deste ano e desde o início da pandemia para profissionais negros, abrindo as portas para uma inclusão.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.