MOEDAS RARAS: entenda a determinação do valor e o fluxo de compra e venda

MOEDAS RARAS: entenda a determinação do valor e o fluxo de compra e venda

As moedas raras, com sua rica história e valor intrínseco, são objetos de fascínio para muitos colecionadores e investidores.Entenda o que são moedas raras, como avaliar seu valor, onde comprá-las e vendê-las.

MOEDAS RARAS: entenda a determinação do valor e o fluxo de compra e venda

Moedas raras são, essencialmente, moedas históricas que circularam em um período específico ou foram criadas por governos para ocasiões especiais, como os Jogos Olímpicos.

Contudo, a raridade desse tipo de item é um fator determinante em seu valor. Em suma, um exemplo marcante é uma moeda do período imperial brasileiro. Assim, datada de 1822, que foi leiloada em 2014 por impressionantes US$ 500 mil, tornando-se a moeda mais cara da história do Brasil.

Se você tem o hábito de guardar itens de família, pode ser que entre eles existam moedas raras que possam valer uma quantia considerável, dependendo de sua raridade. Assim, a avaliação é fundamental para determinar o valor do item e sua raridade. Para isso, existem lojas especializadas, tanto físicas quanto online.

No Brasil, o site “Brasil Moedas” oferece a oportunidade de cadastrar suas moedas para avaliação. Após a análise e a estimativa do valor, o proprietário pode optar por colocá-las à venda. Além disso, a Sociedade Numismática Brasileira (SNB), fundada em 1924, disponibiliza informações sobre compradores, como casas de leilões, lojas e colecionadores particulares interessados em adquirir moedas raras.

Em suma, o valor de moedas consideradas raras é influenciado pela quantidade de exemplares produzidos, seu estado de conservação e a data de lançamento. Certamente, isso significa que nem sempre as moedas mais antigas são as mais caras; moedas mais recentes que tiveram uma tiragem limitada também podem ter um alto valor.

Onde comprar e vender moedas raras?

Além dos leilões tradicionais, os marketplaces, como o Ebay e o Mercado Livre, são plataformas ideais para anunciar suas moedas raras e encontrar potenciais compradores para iniciar ou expandir sua coleção. Uma vez que por meio do comércio eletrônico, você também pode se conectar com colecionadores e vendedores estrangeiros.

Contudo, é importante ter cuidado ao realizar transações online, especialmente quando se trata de itens colecionáveis. Assim, recomenda-se que a negociação de compra ou venda seja feita preferencialmente por meio de um intermediário de pagamentos para garantir a segurança da transação.

MOEDAS RARAS: entenda a determinação do valor e o fluxo de compra e venda
MOEDAS RARAS: entenda a determinação do valor e o fluxo de compra e venda. Imagem: Canva

Moedas comemorativas

Em resumo, as moedas comemorativas são moedas especiais criadas em homenagem a datas significativas, tornando-as raras e valiosas para colecionadores. Um exemplo notável são as moedas produzidas em comemoração aos Jogos Olímpicos de 2016, realizados no Rio de Janeiro.

Para celebrar o evento no Brasil, o Conselho Monetário Nacional lançou 16 moedas diferentes, divididas em quatro conjuntos de quatro moedas, cada uma representando um esporte olímpico.

No entanto, elas tiveram uma tiragem de 19.980.000 unidades e foram feitas de material bimetálico, com núcleo em aço inoxidável e anel em aço revestido de bronze. Assim, medindo 27 milímetros de diâmetro e pesando 7 gramas, essas moedas agora são cobiçadas por colecionadores e podem valer até R$ 7 mil cada uma.

Na mesma época, o Conselho também lançou moedas especiais para colecionadores, totalizando 20 moedas: 4 em ouro e 16 em prata. Essas peças são consideradas as mais raras de encontrar e, portanto, ainda mais valiosas.

Reverso invertido

O termo “reverso invertido” pode parecer confuso. Contudo, refere-se a moedas que, quando viradas para cima, apresentam a imagem do lado oposto na mesma direção do lado anterior. Sendo assim, esse erro de fabricação torna essas moedas raras e valorizadas. O valor de tais itens pode variar de R$ 200 a R$ 800 em sites de venda.

Moeda de 1 real de 1998

Uma moeda de 1 real lançada em 1998, em comemoração aos 50 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, é um exemplo de moeda que provavelmente passou por sua carteira ou a de alguém que você conhece. Visto que foram produzidos apenas 600 mil exemplares dessa moeda, um número relativamente baixo para moedas que costumam circular em milhões de unidades.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.