Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Ministério da Saúde vai ter que convocar 807 candidatos e abrir novo concurso!

Justiça Federal determina que pasta realize novas convocações do último concurso (2009) e abra novo edital com 1.338 vagas

A Justiça Federal determinou que o Ministério da Saúde abra um novo edital de concurso público (Concurso Ministério da Saúde) em breve. De acordo com o juiz Mauricio Lamha, da 3ª Vara Federal do Rio de Janeiro, o órgão terá que apresentar até o dia 03 de dezembro o cronograma do novo certame em prazo não superior a três anos. O novo certame deverá contar com pelo menos 1.338 vagas. A prestação de contas neste prazo é passível de multa de R$ 2 milhões.

Além da abertura de um novo concurso público, o magistrado determinou que o Ministério da Saúde convoque e nomeie, até 31 de outubro, 807 candidatos. A convocação é referente aos concursos públicos realizados no ano de 2009. Se o órgão deixar de cumprir a decisão a multa é de R$ 1 milhão, passando a R$ 5 milhões se as nomeações não ocorrerem até o último mês do ano. 

Segundo decisão, Mauricio Lamha disse que “eficiência do presente cumprimento da sentença independe da intervenção de terceiros interessados, diante da abrangência do título e do comando ora fixado. Ainda que seja legítima, cabível e compreensível a manifestação dos interessados, a composição atual do polo ativo é suficiente para que seja garantido o direito de todos e o processo se desenvolva de forma regular”.

Concurso aberto em 2009 contou com dois editais

Em 2009, o Ministério da Saúde abriu dois editais (50 e 56/2009) para preenchimento de vagas em diversas funções. Os salários oferecidos chegaram a até R$ 2.222,72.

O edital 50 contou com oportunidades nos cargos do plano geral de cargos do Poder Executivo, Analista Técnico Administrativo, Cargos da Carreira da Previdência, Saúde e Trabalho, Administrador, Arquiteto, Arquivista, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Economista, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Estatístico, Farmacêutico, Nutricionista, Psicólogo, Químico, Técnico em Assuntos Educacionais, Técnico em Comunicação Social – Jornalismo, Técnico em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Fonoaudiólogo, Médico – Cardiologia, Médico – Clínica Médica, Médico – Medicina do Trabalho/Saúde Ocupacional, Médico – Psiquiatria e Técnico em Contabilidade.

Já o edital 56 abriu chances para as carreiras de Médico nas áreas de Anatomia Patológica, Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia cabeça e pescoço, Cirurgia Geral, Cirurgia Oncoginecológica, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Plástica, Cirurgia Torácica, Cirurgia Vascular, Citopatologia, Clínica da Dor,  Coloproctologia, Dermatologia, Endocrinologia, Endoscopia Digestiva, Epidemiologia, Gastroenterologia, Ginecologia, Hematologia e Hemoterapia (Adulto), Hematologia e Hemoterapia (Pediátrica), Infectologia, Intensivista (Adulto), Intensivista (Neonatal), Intensivista (Pediátrico), Mamografia, Mastologia, Medicina de Urgência,  Nefrologia (Adulto), Nefrologia (Pediátrica), Neonatologia,  Neurocirurgia, Neurologia, Neurologia (Pediátrica), Obstetrícia,  Oftalmologia, Oncologia, Ortopedia e Traumatologia, Otorrinolaringologia, Patologia Clínica, Pediatria, Pneumologia (Broncoscopia), Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Radiologia Intervencionista e Angioradiologia, Reumatologia, Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia e Urologia.

Ministério abriu seleção este ano para mais de 3.000 vagas

O Ministério da Saúde divulgou no dia 03 de abril, a abertura de processo seletivo para o preenchimento de 3.592 vagas em cinco cargos na pasta. As oportunidades foram destinadas destinadas as áreas de Enfermagem (Nível superior – 831 vagas), Técnico de Enfermagem (Nível Intermediário – 230 vagas), Médico Especializado (Nível superior – 1.340 vagas), Atividades de Gestão e Manutenção Hospitalar (Nível superior – 832 vagas) e Atividades de Gestão e Manutenção Hospitalar (Nível intermediário – 359 vagas). Os salários variam de acordo com o cargo, conforme disposto a seguir:

Enfermagem: R$2.455,00;

Técnico de Enfermagem: R$1.374,00;

Médico Especializado: R$5.815,00;

Atividades de Gestão e Manutenção Hospitalar (Superior): R$2.455,00; e

Atividades de Suporte em Gestão e Manutenção Hospitalar (Intermediário): R$1.374,00.

Sobre o Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, a prevenção e a assistência à saúde dos brasileiros.

É função do Ministério dispor de condições para a proteção e recuperação da saúde da população, reduzindo as enfermidades, controlando as doenças endêmicas e parasitárias e melhorando a vigilância à saúde, dando, assim, mais qualidade de vida ao brasileiro.

É missão do Ministério, “Promover a saúde da população mediante a integração e a construção de parcerias com os órgãos federais, as unidades da Federação, os municípios, a iniciativa privada e a sociedade, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e para o exercício da cidadania”.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.