Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Medo do desemprego diminuiu mês passado, diz pesquisa

Enquanto no fim de 2019 o índice era de 56,1 pontos, agora chegou a 55 pontos

Foi divulgada nova pesquisa feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) que mede o medo do desemprego sentido pelos brasileiros. A pesquisa concluiu que esse temor do desemprego caiu em setembro. Para chegar à conclusão, o levantamento foi feito entre 17 e 20 de setembro com dois mil brasileiros de 127 municípios.

O Índice do Medo do Desemprego teve 55 pontos em setembro, contra 58,2 pontos em setembro de 2019 e 56,1 pontos em dezembro de 2019. Quanto menor o número, menor o medo do desemprego.

A pesquisa da CNI é feita a cada três meses. Entretanto, não foram feitas as edições de março e junho, por causa da pandemia do novo coronavírus. A CNI considera que um dos motivos para a diminuição no medo do desemprego são as medidas de proteção criadas pelo governo durante a pandemia, como o auxílio emergencial. A retomada gradual do comércio e serviços também foram apontados.

O levantamento também concluiu que o medo do desemprego é maior entre mulheres do que em homens. Entre mulheres, o índice é de 62,4 pontos. Entre homens, é de 46,8 pontos. Os mais jovens também têm mais medo. Entre os brasileiros de 16 a 24 anos, o índice é de 57,9 pontos. Entre os brasileiros com mais de 55 anos, o índice é de 48,9 pontos.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.