Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Maiores erros de português que você precisa deixar de cometer

Erros de Português: confira os mais graves!

Todos nós podemos cometer erros de português. Afinal, existem diversas regras complexas e que podem confundir a nossa cabeça.

Porém, existem alguns erros que são considerados “graves” se cometidos, por exemplo, em uma redação ou na resolução de uma questão dissertativa. Ainda, algumas regrinhas são cobradas propositalmente por provas, especialmente as de concursos, para testar a habilidade do aluno. 

Assim, o artigo de hoje trouxe uma lista com alguns erros de português que você precisa deixar de cometer. O objetivo é que você aprenda a utilizar essas regras corretamente e se prepare para o seu vestibular, o seu concurso ou para a prova do ENEM.

Erros de Português: Menos e Menas

É muito importante que você saiba que a palavra “menas” não existe. Isso porque, o advérbio “menos” é invariável e, dessa forma, não se flexiona em gênero ou em número. 

Vamos ver, a seguir, dois exemplos:

  • Eu vou fazer menos provas que você (e não “menas” provas)
  • Tenho menos amigas que você (e não “menas” amigas)

Erros de Português: Seja e Seje

É de extrema importância que você use o verbo “ser” corretamente. Não existe a forma “seje”. O correto é sempre “seja”.

Vamos ver um exemplo: 

  • Espero que você seja feliz (e não “seje” feliz)

Erros de Português: A gente e Agente

Muitas pessoas não usam essas duas expressões corretamente. Tenha em mente que quando você se refere ao agente secreto, ou seja, à profissão, o correto é “agente”.

Porém, quando você quer utilizar essa palavra no sentido de “nós”, o correto é “a gente”.

Vamos ver, a seguir, dois exemplos:

  • Venha com a gente! (venha com nós)
  • Meu amigo é um agente secreto (agente = profissão)

Erros de Português: Perda e Perca

Esse é um erro extremamente comum. Porém, tenha em mente que “perca” é um verbo e “perda”, por sua vez, é um substantivo. 

Assim, posso dizer: “eu sofri muito com essa perda”. Não devo usar o verbo nesse contexto. 

Posso usar o verbo, no entanto, em um contexto como este: “Não perca tempo e venha logo aqui!”

Erros de Português: Tem e Têm

Esse erro é muito cometido em redações. Tenha em mente que “têm”, forma com acento, deve ser utilizado em frases que se referem à um sujeito/objeto no plural. A forma “tem”, por sua vez, deve ser usada em referência à algo no singular. 

Vamos ver, a seguir, dois exemplos:

  • Elas têm muitas dúvidas em relação ao exame (plural = têm)
  • Ela tem um carro muito bonito (singular = tem)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.