Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS: Quando o 14º salário será liberado?

Desde o ano passado, parlamentares tentam ganhar apoio em seus projetos para viabilizar o pagamento de um 14º salário aos segurados.

Diante a permanência da pandemia decorrente da Covid-19, o Governo Federal antecipou pela segunda vez o pagamento do 13º salário aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Desde o ano passado, parlamentares tentam ganhar apoio em seus projetos para viabilizar o pagamento de um 14º salário aos segurados. O objetivo, seria beneficiá-los com mais um salário extra, tendo em vista que ficariam sem o benefício no final do ano.

No entanto, como as propostas relacionadas ao assunto não conseguiram sair do papel em 2020, os políticos estão tentando implementá-las ainda em 2021. Todavia, há muitas questões a serem analisadas. Confira.

14º salário do INSS

Como ressaltado, a possibilidade da criação de um 14º salário surgiu em 2020. Na ocasião, duas propostas foram apresentadas, sendo uma no Senado Federa e a outra na Câmara do Deputados.

Na casa dos senadores, o Projeto de Lei 3.657/2020 foi apresentado pelo senador Paulo Paim. O texto prevê a liberação de mais uma rodada do 13º salário, beneficiando os mesmos segurados com seus respectivos valores.

Na Câmara, o deputado Pompeo de Mattos apresentou o Projeto de Lei nº 4.367/2020. O documento visa a criação de um novo benefício anual, especificamente, o 14º salário emergencial.

Ambos os políticos justificam suas sugestões no atual cenário do país, que se encontra debilitado devido a pandemia do coronavírus. Além de destacar a ausência do salário extra no fim do ano, os políticos salientam a necessidade desses segurados, sendo eles, muitas vezes o provedor de seus lares.

Todavia, a liberação de uma das propostas traria uma série de contratempos ao Governo Federal, do aceite dos primeiros termos a liberação da verba para custeá-la.

Mas afinal, o 14º salário será ou não liberado em 2021?

Em síntese, é pouco provável que o 14º salário para os aposentados e pensionistas do INSS seja liberado este ano. Inicialmente, vale destacar a falta de interesse parlamentar sobre o assunto. A questão, é que quando uma medida é definida por um político parlamentar, seja ele a favor ou contra o governo, as dificuldades encontradas são maiores.

Além disso, cabe considerar um dos detalhes mais importante, o Orçamento da União. Os dois projetos de Lei demandariam um investimento maior para o INSS, tanto no passado como para este ano. Neste sentido, salientando a não previsão dos recursos para custear uma das propostas, é praticamente impossível que o 14º salário seja liberado.

Para fins de esclarecimento, o impacto previsto nos cofres públicos causado pelos pagamentos do 13º salário este ano, foi de R$ 50 bilhões. Um novo pagamento nos mesmos moldes, iria precisar de um financiamento igual, o que no momento é inviável.

O prazo para que uma das medidas fosse viabilizada também é curto. A expectativa, era que a distribuição acontecesse entre os meses do segundo semestre do ano. Ressaltando que uma das propostas deveria passar por votação até chegar a sansão presidencial, o período de liberação seria ultrapassado.

Posto isto, é provável que mais uma vez os segurados do INSS fiquem sem a liberação do 14º salário, sendo os projetos de lei arquivados novamente.

Veja também: INSS: Pagamentos de agosto já começaram; veja quem recebe

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
9 Comentários
  1. Rogério Diz

    Boa tarde Ester olha fico revoltado com esses ser humanos, tenho que chamar eles assim pois se destratar eles eu ainda sou punido,se fosse para eles votar sobre o salário dele ou algo do tipo os aposentados ficaria sabendo só depois que eles já estariam recebendo agora quando é para os brasileiros eles não estão nem aí

  2. Zuleica Aparecida Diz

    Muitas pessoas que nao viviam em situação de pobreza hoje estam perderam seus empregos e não adianta dizer que cresceu o numero de oferta de emprego no pais,porque pra quem provura ,sabe que não é bem assim , é uma vaga pra milhoes de trabalhadores procurando, então a situação hoje de pobreza esta igualida nao importa se a pessoa é sozinha ou de grupo familiar,as despesas com aluguel,agua,luz,e com a cesta básica são as mesma daqueles que constituiram suas familis.Direitos iguais para todos,assim deve ser,todos deveriam migrar automaticamente para o auxilio Brasil,indeprendente de estar cadastrado no cadastro unico ou nao.ou criar uma nova rodada de auxilip pra aqueles que não estam no cadastro unico e que ainda não conseguiram sair da situação que se vive hoje,por perderem suas rendas,fechar suas pequenas empresas ,ou ate mesmo mante_las aberta mas nao estar conseguindo renda suficiente pra viver,que são os casos dos meis de baixa renda e informais.que nao conseguem empregos,com carteira assinada.

  3. Antonio Celestino Da Costa Diz

    até quando vão ficar neste blá blá blá de pagar o décimo quarto.
    se não paga os precatórios dos Aposentados e pensionistas do inss, e ainda estão tirando dos Aposentados para pagar os que nunca trabalho e nunca contribuíram para o inss. agora para quem trabalhou a vida toda para ter uma aposentadoria digna aí não tem dinheiro. é um absurdo 😤😤 votar para ninguém nunca mais.

  4. Ronaldo Diz

    Se a proposta fosse para beneficiar os próprios parlamentares, seria aprovada em 1minuto.
    Não acham?

  5. Carmen Diz

    Vai começar o martírio desse 14* salário. Misericórdia!!!

  6. Geruza Martins de Lemos Diz

    Ficam o tempo todo repetindo essa notícia de 14 salário. Já não foi dito que não vai ter? Para que ficar repetindo a mesma notícia? Falta de assunto é?

  7. JOSEMAR MARTINS Diz

    Essa conversa de 14° salário não passa de promessa de campanha , mais um ano e de novo não vai acontecer , é mais provável que aumentem a margem novamente para afundar mais ainda os aposentados em divida , tá na hora do povo acordar e dar a resposta nas urnas no próximo ano que será justamente as elwicoes de quem está travando esses projetos.

  8. Adilson Albernaz de Oliveira Junior Diz

    Essa equipe do Bolsonaro eles só sabem dar auxílio emergencial e a maioria das pessoas que recebem este benefício não precisa então os aposentados e pensionista que já trabalharam e contribuíram para o governo eles nega o décimo quarto para ajudar nas contas despesas com remédios etc isso é Brasil

  9. Denílson Alves Diz

    Bom dia.
    Afinal este beneficio sairá mesmo ou não?? Toda vez esta publicação saí com uma manchete alardiando data de recebimento quando vamos ler a matéria nada, então vcs tem esta data ou é somente pra entrar no site de vcs? Estão criando falsas expectativas nas pessoas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.