Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS: Novos pagamentos começam nesta semana; confira os calendários

A distribuição será iniciada com os aposentados e pensionistas que recebem apenas um salário mínimo (R$ 1.100) e logo depois, os segurados que recebem mais que o piso nacional serão contemplados.

Nesta quarta-feira (25), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) iniciará uma nova rodada de pagamentos. Os beneficiários da previdência terão acesso a mensalidade a partir desta semana.

A distribuição será iniciada com os aposentados e pensionistas que recebem apenas um salário mínimo (R$ 1.100) e logo depois, os segurados que recebem mais que o piso nacional serão contemplados.

Vale ressaltar que os pagamentos ocorrem de forma escalonada, seguindo o dígito final do número do benefício. A regra se aplica a ambos os calendários. Confira o cronograma de agosto para os dois públicos a seguir:

Benefício de até um salário mínimo

Final Agosto de 2021
1 25 de agosto
2 26 de agosto
3 27 de agosto
4 30 de agosto
5 31 de agosto
6 1º de setembro
7 2 de setembro
8 3 de setembro
9 6 de setembro
0 8 de setembro

 

Benefício superior a um salário mínimo

Final Agosto de 2021
1 e 6 1º de setembro
2 e 7 2 de setembro
3 e 8 3 de setembro
4 e 9 6 de setembro
5 e 0 8 de setembro

 

Benefícios concedidos pela Previdência Social

Os benefícios do INSS costumam ser identificados através de um código. A numeração é utilizada para facilitar o andamento dos pagamentos, processos, análises e convocações dos abonos. Veja a lista abaixo com os benefícios e seus devidos códigos:

Espécie ou Código Detalhamento
21 Pensão por morte previdenciária
23 Pensão por morte de ex-combatente
25 Auxílio-reclusão
29 Pensão por morte de ex-combatente marítimo
31 Auxílio-doença
32 Aposentadoria por invalidez previdenciária
36 Auxílio-acidente previdenciário
41 Aposentadoria por idade
42 Aposentadoria por tempo de contribuição
46 Aposentadoria especial
54 Pensão especial vitalícia
56 Pensão mensal vitalícia por síndrome de talidomida
57 Aposentadoria por tempo de serviço de professor
60 Pensão especial mensal vitalícia
68 Pecúlio especial de aposentado (benefício de prestação única)
80 Salário-maternidade
85 Pensão mensal vitalícia do seringueiro
86 Pensão mensal vitalícia do dependente do seringueiro
87 Amparo assistencial ao portador de deficiência
88 Amparo assistencial ao idoso
89 Pensão especial aos dependentes de vítimas fatais por contaminação na hemodiálise – Caruaru-PE
91 Auxílio-doença por acidente do trabalho
92 Aposentadoria por invalidez por acidente do trabalho
93 Pensão por morte por acidente do trabalho
94 Auxílio-acidente por acidente do trabalho

 

Extrato de pagamento

Os segurados que desejam conferir os últimos pagamentos do benefício, podem consultar o extrato do INSS. O procedimento pode ser realizado de diferentes formas. Confira:

Aplicativo “Meu INSS”

  1. Acesse o “Meu INSS” informando sua senha;
  2. Escolha a opção “Extrato de Pagamento de Benefício”; e
  3. Se preferir, imprima o documento.

 

Nas agências da previdência

  1. Acesse o aplicativo “Meu INSS”;
  2. Informe seus dados, clique em “não sou um robô” e depois em “continuar sem login”;
  3. Clique em “Novo requerimento”;
  4. Digite no campo “pesquisar” a palavra “pagamento” e selecione o serviço de agendamento;
  5. Compareça à unidade do INSS, no dia e na hora marcados, com os documentos necessários.

 

No Caixa eletrônico das instituições vinculadas

Os aposentados e pensionistas correntistas da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil podem consultar o extrato do INSS no caixa eletrônico ou nos serviços virtuais oferecidos pelas instituições.

Mudança na forma de pagamento

Caso desejar, o segurado pode mudar a conta bancária em que vem recebendo o salário do INSS. Para isso, é necessário:

  1. Acessar o aplicativo “Meu INSS”;
  2. Fazer o login com CPF e senha;
  3. Clicar em “Agendamento/Solicitações”;
  4. No canto direito, clique em “Novo requerimento”;
  5. Em seguida, clique em “Atualização para manutenção de Benefício e outros serviços”;
  6. Feito isto, clique em “Transferir Benefício para Conta Corrente – Atendimento à distância”;
  7. Preencha ou atualize as “Informações de Contato”;
  8. Na tela, informe em “Dados Adicionais” os dados bancários (agência, banco, tipo de conta, número da conta) e o número do benefício;
  9. Em “Anexos”, clique no quadro azul “Novo” para enviar os documentos que comprovem a titularidade da conta e do benefício.

Veja também: INSS: 14º salário com novo pagamento em 2021

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.