Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

INSS e Receita Federal terão concurso público

Serão mais de 1.500 vagas para os dois órgãos.

O Ministério da Economia acabou de oficializar o lançamento de dois novos concursos: para o INSS e para a Receita Federal.

Assim, serão 699 vagas para a Receita Federal e outras 1000 para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Nesse sentido, ambos os órgãos já não apresentam edital para a liberação de vagas há alguns anos. No caso do INSS, já são sete anos na espera do lançamento de um novo certame, o qual contou com diversas solicitações. Isto é, em razão do grande atraso no atendimento dos beneficiários. 

Portanto, um novo concurso será positivo para os funcionários e cidadãos que usam os serviços do INSS.

No caso da Receita Federal, contudo, são oito anos sem a liberação de vagas, mesmo com o déficit de servidores na instituição. 

Veja também: TJPI publica edital de concurso público

Entenda o que já se sabe sobre as seleções, abaixo.

Quais serão os cargos do concursos para INSS e Receita Federal?

Os cargos que os concursos do INSS e da Receita Federal irão disponibilizar são:  

  • 1.000 vagas de técnicos do seguro social (nível médio e salário de R$ 6.500); 
  • 230 vagas para auditor-fiscal (nível superior e salário de R$ 21.029); 
  • 469 para analista-tributário (nível superior e salário de R$ 11.684).

Nesse sentido, é importante lembrar que o prazo para a publicação oficial do edital do novo certame é de 6 meses. Isto é, se iniciando a partir da data de publicação das portarias, ou seja, o documento terá publicação até o dia 13 de dezembro.

Como será a seleção da Receita Federal?

O último concurso da instituição ocorreu no ano de 2014.

Assim, este disponibilizou 278 vagas para o cargo de auditor fiscal. Na época, a banca responsável pela organização do certame foi a Escola de Administração Fazendária (Esaf).

Além disso, o concurso para o cargo de analista tributário, em 2012, contou com a mesma comissão organizadora, com 750 vagas de ingresso imediato.

Os dois cargos se destinaram a candidatos que possuíam curso superior, independente de qualquer área de atuação. Assim, os salários iniciais foram de R$ 21.029 para a vaga de auditor fiscal e R$ 11.684 para analista tributário.

Ademais, os dois últimos concursos contaram com a aplicação de provas objetivas e discursivas. A etapa objetiva, então, se dividiu entre conhecimentos gerais e específicos.

De acordo com a Receita Federal, a próxima etapa deverá ser o processo de seleção da banca examinadora. Isto é, que ficará responsável pelo processo de inscrições e aplicação de todas as etapas seletivas do certame.

Até o momento, contudo, ainda não há previsão de quando haverá a publicação do edital oficial.

A concorrência dos últimos concursos da Receita Federal chegou a ultrapassar de 200 candidatos por vaga. O concurso do ano de 2012, que ofertava vagas de analista, então, contou com a participação de 93.692 concorrendo a 750 vagas, ou seja, concorrência de 125 por vaga.

Já para o cargo de auditor, a concorrência chegou ao dobro, isto é, sendo 68.540 candidatos para 278 vagas, com concorrência de 246 por vaga.

Segundo informações da Receita Federal, as provas para ambos os cargos deverão ocorrer no mesmo dia. Assim, será possível evitar que o mesmo candidato consiga concorrer a duas vagas.

Como será o certame do INSS?

O último edital do INSS ocorreu em 2015 e contava com a oferta de 800 vagas para o cargo de técnico social. Na época, então, a comissão organizadora do certame foi o Cebraspe.

O concurso contou com prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos com as disciplinas de:

  • Ética no Serviço Público
  • Regime Jurídico Único
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo
  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Noções de Informática
  • Seguridade Social

Segundo o INSS, o processo de seleção da banca examinadora deverá terminar em até 60 dias, ou seja, até o mês de agosto.

Veja também: COREN RO abre inscrições para concurso de nível médio e superior

No entanto, o edital de abertura do novo certame terá divulgação em até 100 dias a partir da data de autorização. Com isso, esta deverá ocorrer até a metade do mês de setembro.

Ministro fala sobre autorização de concurso

Recentemente, o atual ministro do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira, comentou sobre a importância do lançamento do novo concurso no INSS.

“Finalmente faremos um concurso para admissão de mil novos servidores para iniciar a recomposição da força de trabalho dos servidores do INSS. Levando em consideração que nós acabamos de sair de uma pandemia que afetou o mundo inteiro e esse é um dos únicos concursos que foi autorizado, isso demonstra a sensibilidade desse governo em voltar os seus olhos para o atendimento das pessoas, principalmente das mais vulneráveis, parcela da população que é atendida nas agências do INSS”, declarou o atual ministro.

Além disso, o presidente do INSS, Guilherme Serrano, também se mostrou otimista sobre o lançamento do novo concurso.

“A autorização do concurso foi uma grande conquista para recompor a mão de obra do INSS. Demonstra o compromisso do Governo Federal com a autarquia, que tem enorme relevância para o país”, pontuou o presidente do INSS.

O próximo concurso público do INSS teve autorização a fim de preencher 1.000 vagas para o cargo de Técnico do Seguro Social. Isto é, que exige que os candidatos possuam pelo menos nível médio de formação para concorrer ao cargo.

Os salários iniciais da função são de R$ 6.500, com jornada de trabalho de 40h semanais. Ademais, no topo da carreira o valor pode chegar a R$ 9.099,25.

É importante frisar que, além dos salários, o servidor ainda terá direito de receber um bônus de R$ 57,50 por cada processo que finalizar.

INSS precisou adotas medidas para agilizar atendimentos

Diante com a ausência de servidores, o INSS passou a adotar medidas para conseguir agilizar o andamento dos serviços.

Desse modo, as alternativas abaixo foram importantes neste momento:

  • Criação do Portal Meu INSS; 
  • INSS Digital; 
  • Automatização de diversos serviços e processo pelo Instituto Nacional do Seguro Social; 
  • Oferecimento de canais alternativos para os atendimentos dos segurados do INSS; 
  • Criação da central de analise com o objetivo de otimizar a produtividade de despachos dos processos; 
  • Realização de teletrabalho; 
  • Contratação temporária de novos servidores; 
  • Remanejamento de funcionários de outros órgãos, como Dataprev, Infraero e Valec.

Depois do concurso, então, os servidores ficarão menos sobrecarregados, o que poderá melhorar o serviço público.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.