Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.1/5 - (23 votes)

Concursos INSS e Receita Federal: 1.699 vagas autorizadas e até R$21 mil

O Governo Federal, por meio do Ministério da Economia, autorizou a abertura de dois grandes concursos públicos federais neste mês de junho: Receita Federal e INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Foram, ao todo, 1.699 vagas autorizadas para ambos os órgãos, sendo 699 para o primeiro e 1.000 para o segundo.

A princípio, o concurso público da Receita Federal (Concurso Receita Federal 2022) foi autorizado oficialmente para os cargos de Auditor Fiscal (230 vagas) e Analista Tributário (469 vagas). Por outro lado, o aval do concurso do INSS foi para um total de 1.000 vagas para o cargo de Técnico do Seguro Social, de nível médio.

Nesse sentido, confira a seguir as principais informações sobre cada concurso público.

Concurso da Receita Federal vai abrir 699 vagas

O órgão enviou um ofício solicitando autorização de um novo edital para o preenchimento de 699 vagas em um novo edital.

A autorização do concurso foi justamente para o preenchimento das 699 vagas solicitadas. O quantitativo está distribuído da seguinte maneira:

  • 230 vagas para auditor-fiscal; e
  • 469 vagas para analista-tributário

Os cargos de auditor-fiscal e analista-tributário exigem nível superior e compõe o pedido enviado pelo órgão.

O candidato aprovado no cargo de Analista no concurso Receita Federal 2022 fará jus a uma remuneração inicial de R$ 11.684,39, enquanto a carreira de Auditor conta com inicial de R$ 21.029,09.

Cargos Vencimento Base – Inicial Vencimento Base – Final
Auditor Fiscal R$ 21.029,09 R$ 27.303,62
Analista Fiscal R$ 11.684,39 R$ 18.076,05

Com o concurso finalmente autorizado, o próximo passo agora será a formação de uma comissão organizadora, que ficará responsável pelo acompanhamento do certame e contratação da banca organizadora.

Segundo a portaria publicada, o prazo para a publicação do edital será de até seis meses. Sendo assim, o edital deve sair obrigatoriamente até 13 de dezembro.

Ademais, foi autorizada a redução, para dois meses, do prazo de antecedência mínima entre a publicação do edital e a realização da primeira prova.

Concurso do INSS confirmado com 1.000 vagas

O Instituto Nacional do Seguro Social vai abrir o seu novo edital de concurso público (Concurso INSS) com 1.000 vagas para o cargo de Técnico do Seguro Social, de nível médio.

Agora, o INSS terá um prazo de até seis meses para a publicação do edital de abertura do concurso, a contar a partir da publicação da Portaria. Sendo assim, o concurso deve ser lançado até 13 de dezembro deste ano.

Inicialmente, o pedido de concurso do INSS foi feito para o preenchimento de 7.830 vagas em cargos de ensino médio e superior. Do total de vagas solicitadas, 6.084 foram para o cargo de Técnico do Seguro Social, de nível médio e salário de R$5.186,79. O restante do pedido foi para 1.746 vagas de Analista do Seguro Social, de nível superior e remuneração de R$7.659,87.

No entanto, o INSS reajustou a solicitação para mil vagas no cargo de técnico do seguro social, e não mais 6.084 oportunidades.

Veja o cronograma sugerido pelo INSS para o concurso:

  • Definição das vagas do concurso INSS – 03 dias
  • Elaboração do projeto básico – 08 dias
  • Envio do projeto básico às bancas organizadoras – 1 dia
  • Recebimento das propostas das bancas – 05 dias
  • Escolha da banca – 01 dia
  • Elaboração do contrato – 06 dias
  • Assinatura do contrato – 10 dias
  • Elaboração do edital – 05 dias
  • Publicação do edital – 4 meses antes da data da prova
  • Inscrições – período de 30 dias

Para concorrer ao cargo de Técnico do Seguro Social do INSS, o candidato deverá ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

O cargo tem missão de realizar atividades internas e externas relacionadas ao planejamento, à organização e à execução de tarefas de competências constitucionais e legais do INSS que não demandem formação profissional específica; coletar informações, executar pesquisas, levantamentos e controles, emitir relatórios e pareceres; e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS, além das atividades comuns mencionadas no edital. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O vencimento básico é a menor parcela da remuneração do Técnico do INSS. No início de carreira, seu valor é de R$ 712,61; no final de carreira, o valor vai para R$ 1.102,02.

A Gratificação de Atividade Executiva (GAE) equivale a 160% do vencimento básico. No início de carreira, seu valor é de até R$ 1.140,18; no final de carreira, o valor vai para R$ 1.763,23.

A Gratificação de Atividade de Desempenho de Atividade do Seguro Social (GDASS) é a maior parcela da remuneração. No início de carreira, seu valor é de até R$ 3.595,00; no final de carreira, o valor vai para R$ 6.234,00.

Somando-se os valores das remunerações, o valor total inicial é de R$ 5.447,79 para Técnico.

4.1/5 - (23 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.